10 carros mais econômicos do Brasil em 2022

Em tempos de gasolina estourando a barreira dos 7 reais e o etanol beirando os 5, escolher um veículo econômico é de suma importância para que seus gastos ao final do mês não sejam muito mais elevados do que o programado. Se você utiliza seu carro para o trabalho, fazendo Uber por exemplo, ter um modelo econômico é extremamente importante.

Dicas
Publicado em 3/05/2022 por Alan Corrêa
10 carros mais econômicos do Brasil em 2022

Mas afinal, você sabe quais são os carros mais econômicos do Brasil por categoria? Hoje iremos te mostrar quais são os carros que mais vão te entregar economia na hora de encher o tanque! Não espere muito por desempenho, afinal a ideia aqui é economizar o máximo de combustível possível!

Modelos aspirados mais econômicos

Estilo sofisticado, design exterior elegante, grade frontal com detalhe cromado, volante com revestimento premium e rodas de liga leve aro 16”, ele vai mudar tudo o que você pensava sobre carros.
Estilo sofisticado, design exterior elegante, grade frontal com detalhe cromado, volante com revestimento premium e rodas de liga leve aro 16”, ele vai mudar tudo o que você pensava sobre carros.

Quando falamos dos carros com motor aspirado, temos que levar em consideração que em sua grande maioria serão veículos com motor 1.0 (apenas duas exceções), apresentando ótimos números de Km/L e boas médias de consumo energético, lembrando que quanto menor, mais econômico o veículo.

O carro mais econômico do Brasil quando falamos de motores aspirados é o Onix Plus, com consumo médio de 14 km/l e consumo energético de 1,34 MJ/km, o menor entre todos os veículos do Brasil. Em seguida, vem o Renault Kwid que, juntamente ao seu câmbio manual de 5 velocidades, gera um consumo energético de 1,39 MJ/km.

O novo Renault Kwid chegou totalmente renovado. E ainda mais SUV. Por fora, nova grade frontal, lanternas com assinatura em LED, rodas de liga leve diamantadas 14” e novo teto Biton – muito mais ousado e imponente. Por dentro, totalmente renovado com novo acabamento, painel de instrumentos com mostradores em LED, MEDIA Evolution de 8” com botão Push to Talk e muito espaço e conforto. A bordo do SUV dos compactos, todo dia vai ser grande.
O novo Renault Kwid chegou totalmente renovado. E ainda mais SUV. Por fora, nova grade frontal, lanternas com assinatura em LED, rodas de liga leve diamantadas 14” e novo teto Biton – muito mais ousado e imponente. Por dentro, totalmente renovado com novo acabamento, painel de instrumentos com mostradores em LED, MEDIA Evolution de 8” com botão Push to Talk e muito espaço e conforto. A bordo do SUV dos compactos, todo dia vai ser grande.

Entrando em outra prateleira, temos o Fiat Mobi, o mais barato entre todos na lista. Seu consumo energético fica na casa dos 1,47 MJ/km e tem consumo médio na casa dos 12,5km/l. Caso prefira um veículo mais sofisticado, o Argo 1.0 também pode ser uma boa, tendo consumo médio de 12,3 km/l.

Um verdadeiro desbravador das ruas, o Fiat Mobi possui um desgin jovem pensado para encarar as ruas e avenidas com muita presença e estilo.
Um verdadeiro desbravador das ruas, o Fiat Mobi possui um desgin jovem pensado para encarar as ruas e avenidas com muita presença e estilo.

Agora, caso sua ideia seja seja um veículo econômico com câmbio manual e sem motor 1.0, o Cronos 1.3 é uma boa pedida, que na estrada consegue fazer quase 16 km/l na estrada com gasolina. Procurando um modelo com câmbio automático, o City é o modelo mais econômico possível. Com um motor 1.5 de 126 cv, seu consumo energético fica por conta de 1,53 MJ/km.

Carros turbo mais econômicos

Além dos carros 1.0 aspirados, que são de praxe os mais econômicos do país, existem outros veículos com motores turbinados que também figuram na lista dos veículos mais econômicos do país.

O primeiro deles fica por conta do HB20 com motor 1.0 turbo e câmbio manual de 6 velocidades, que tem consumo energético de 1,43 MJ/km e consegue um consumo de até 16 km/l usando gasolina na estrada.

Indo também para o âmbito dos SUVs, a Chevrolet Tracker fica com o posto de SUV mais econômico do país, mesmo não tendo o maior tanque da categoria. Tendo consumo médio de 1,55 MJ/km e alcançando até 13 km/l na cidade utilizando gasolina, o Tracker consegue se destacar nesta vertente.

Modelos híbridos dominam

Líder absoluto na categoria de sedãs médios, o Corolla traz melhorias no conforto e conveniência de seus passageiros, ao oferecer carregador de celular por indução nas versões Altis Premium e Altis Premium Hybrid, item antes presente apenas na versão GR-S.
Líder absoluto na categoria de sedãs médios, o Corolla traz melhorias no conforto e conveniência de seus passageiros, ao oferecer carregador de celular por indução nas versões Altis Premium e Altis Premium Hybrid, item antes presente apenas na versão GR-S.

Com o passar dos anos, os carros híbridos cada dia mais ganham espaço no mercado brasileiro e sua principal virtude é ter uma economia incrível em ciclo urbano, utilizando as recargas do motor elétrico. Por sua vez, eles também figuram entre os carros mais econômicos do país.

O carro mais econômico que existe no Brasil com motorização híbrida é o Corolla Cross, que juntamente ao Corolla, são os únicos carros a terem motorização flex e híbrida. Na cidade, os dois motores atuando em conjunto conseguem gerar até 17 km/l na cidade e gerando consumo energético na casa dos 1,35 MJ/km, perdendo apenas para o Onix Plus.

Ainda um SUV e com motorização híbrida, o recém chegado Kia Stonic já entra nesta seleta lista dos veículos mais econômicos do Brasil, contando com incríveis 13 km/l na cidade e na rodovia, gerando assim 1,62 MJ/km de consumo energético.

Carros mais econômicos

Por fim, trazemos aqui um top 10 com os carros mais econômicos de todo o Brasil, levando em consideração tanto o consumo registrado pelo inmetro quanto a média de consumo energético. Portanto, a lista fica desta forma:

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?