Acerto aerodinâmico ideal para todas as situações com o Porsche 911 Turbo S

Poucos são os veículos de rua na história conseguem ter uma aerodinâmica tão incrível quanto a do Porsche 911. Conhecido por ser um dos carros que entregam maior prazer ao volante, o modelo mais clássico dos alemães em sua nova geração (992) chegou também na versão Turbo S.

Carros
3 meses atrás
Acerto aerodinâmico ideal para todas as situações com o Porsche 911 Turbo S

Além dos 650 cv de potência e 330 km/h de velocidade máxima, o novo 911 Turbo S tem como seu principal trunfo a aerodinâmica empregada no mesmo, passando a contar com inovações nesse quesito para continuar sendo cada vez mais adorado pelos entusiastas.

Itens essenciais

Para que o Porsche Active Aerodynamics (PAA) funcione da melhor maneira possível, existem três itens que, quando trabalhando em conjunto, fazem do 911 Turbo S uma verdadeira máquina.

O primeiro deles são os flaps de resfriamento. Localizados nas entradas de ar direita e esquerda do para-choques dianteiro, os mesmos possuem um sistema inteligente de fechamento do ar resfriado, fazendo com que a partir de 70 km/h o veículo ganhe uma leve melhora no consumo e a partir de 150 km/h se inclinem para obter maior equilíbrio para o veículo.

Porsche Active Aerodynamics (PAA)
Porsche Active Aerodynamics (PAA)

O segundo é o defletor dianteiro do 911 Turbo S que foi aperfeiçoado. O mesmo agora pode se moldar em três opções: Na básica (lâmina do defletor é recolhida completamente e fixada em sua posição sob a carroceria), Speed somente as duas áreas externas da lâmina são estendidas) e a Performance (todos os três segmentos da lâmina são estendidos para o máximo desempenho).

Por último, a asa traseira do 911 recebeu incrementos para ajustar a estabilidade. Com núcleo de espuma com elementos forjados e duas camadas de plástico com fibra de carbono, a asa vai se adaptando conforme o modo selecionado, podendo ser Eco, Performance II ou Wet.

Modo Wet e freio aerodinâmico

Além dos incrementos que o modelo recebeu, ainda foram adicionadas duas novidades: O modo de direção Wet e o freio aerodinâmico.

O modo Wet tem a função de melhorar a dirigibilidade em pisos molhados. Com a ajuda de sensores nas rodas, o veículo detecta a presença de água no solo, oferecendo ao motorista a opção de ativar o modo.

Porsche Active Aerodynamics (PAA)
Porsche Active Aerodynamics (PAA)

Já os freios aerodinâmicos têm ativação automática em casos de frenagem total em auta velocidade, fazendo com que o defletor dianteiro e a asa traseira sejam movimentados para a posição performance.

Estratégia de controle

As posições do conjunto aerodinâmico são determinadas através da velocidade e do modo de condução escolhidos. No modo básico as lâminas do defletor e a asa traseira ficam encolhidas, enquanto no Wet apenas a asa traseira fica na posição alta a partir de 15 km/h.

Porsche Active Aerodynamics (PAA)
Porsche Active Aerodynamics (PAA)

Na função velocidade, a partir de 120 km/h no modo Sport e 180 na versão Normal, a lâmina fica estendida no segmento interno e recolhida no central, com a asa de média para alta.

Já nas versões Performance (I e II), ambas ativadas apenas no modo Super Sport (15 km/h no I e 260 km/h no II), a lâmina se encontra inteiramente estendida e a asa na posição alta, se diferenciando que no modo I o ângulo de inclinação é grande e no II é médio.

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?