Captur 2020, ainda melhor

Para o ano de 2020, a Renault decidiu manter o seu SUV Captur do mesmo jeito, sem mudanças extremamente gritantes como em comparação a Duster.

Carros
2 semanas atrás
Captur 2020, ainda melhor

Seu pacote de equipamentos agrada, seu visual idem, mas o nicho de preço extremamente disputado pode acabar prejudicando as vendas do modelo futuramente, que já tem data para se encontrar defasado.

“Evolução” da Duster

Em seu lançamento por aqui no ano de 2017, a Renault já contava com a Duster em seu portfólio de SUVS, porém a idade do projeto pesou e o modelo perdeu muito espaço para outros carros mais novos como o HR-V, Renegade e até mesmo o Creta.

Um caro grande e imponente serve como uma luva para o dia-a-dia de qualquer motorista. (Foto: Divulgação)
Um caro grande e imponente serve como uma luva para o dia-a-dia de qualquer motorista. (Foto: Divulgação)

A chegada do Captur representou uma sobrevida da linha de SUVS de Renault no Brasil. Com mecânicas similares, porém um design extremamente mais agradável e mais tecnológico, o Captur ajudou a cativar o público, visto que o mesmo tinha um preço inferior ao dos concorrentes.

Sua aparência exterior agradou tanto o público brasileiro que em sua nova geração prevista para 2021, a mesma será mantida passando apenas por alguns leves retoques para modernização.

Equipamentos agradam, mas por tempo limitado

O pacote de equipamentos ainda é satisfatório perante os concorrentes, porém já tem data de validade.

Por dentro o carro traz acabamento simples, porém agrada compradores. (Foto: Divulgação)
Por dentro o carro traz acabamento simples, porém agrada compradores. (Foto: Divulgação)

Seus equipamentos seguem sendo os mesmos: Piloto automático, comandos no volante, central multimídia de 7 polegadas com Android Auto e Apple Car Play, câmera de ré, chave de cartão, sistema Start-Stop, partida por botão, controle de estabilidade, assistente de partida em rampa e 4 airbags são alguns de seus principais componentes.

Seus itens não estão defasados, porém quando comparados com toda a evolução apresentada na nova Duster, um SUV tecnicamente inferior ao Captur, fica aquele gosto de “quero mais” para uma reformulação do Captur.

Motorização

A motorização permanece a mesma: São oferecidos os motores 1.6 de 120 cv e 16,4 kgfm de torque com câmbios manual de 5 marchas e CVT Xtronic e um 2.0 de 148 cv e 20,9 kgfm de torque com câmbio automático de 4 marchas.

Versões e preço

Existem três versões disponíveis e suas variáveis: A básica é a Zen, que parte de 79.990 e vem com motor 1.6 manual. A versão de topo é a Intense, que pode custar 95.990 com motor 1.6 e câmbio CVT ou 96.990 com o motor 2.0. Ainda existe uma nova versão da Intense que vem equipada com sistema de som da Bose, fazendo com que os preços saltem para 97.990 e 98.990, respectivamente.

O Renault Captur apresenta um pacote interessante de opcionais com um visual realmente agradável. O que pode complicar a vida do modelo até a chegada de sua nova geração é justamente a nova Duster, que apresenta o mesmo motor 1.6 com equipamentos como sensor de ponto cego e câmera 360º por um preço menor.

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?