Começamos a ver um padrão no carregamento de carros elétricos

Com o passar dos últimos anos, foi notória a evolução não apenas de aceitação do mercado, mas também da tecnologia que passou a ser utilizada nos carros elétricos. Baterias mais modernas, o benefício do torque instantâneo e a 0 emissão de poluentes fizeram com que os modelos ganhassem ainda mais destaque perante os modelos de carros a combustão.

Tecnologia
Publicado em 3/10/2022 por Alan Corrêa
Começamos a ver um padrão no carregamento de carros elétricos

Porém o “mito” de quando e como se recarregar um veículo elétrico por muito tempo fez com que as pessoas ficaram receosas de adquirir um veículo assim. Entretanto, ultimamente temos visto que uma nova tendência começou a ganhar força para a recarga de carros elétricos e que, graças a este formato, podemos começar a sonhar em uma linearidade nas recargas de carros elétricos.

Carros elétricos chegaram para ficar

Novas tecnologias elevam autonomia de veículos elétricos ao mesmo tempo que reduzem o tempo de recarga
Novas tecnologias elevam autonomia de veículos elétricos ao mesmo tempo que reduzem o tempo de recarga

Já não é novidade para ninguém que os carros elétricos são uma realidade no mundo inteiro, em alguns países em maior escala e em outros um pouco menores, mas o fato é um só: o futuro é dos carros eletrificados!

Quando falamos de carros eletrificados, podemos falar tanto dos híbridos quanto dos 100% elétricos, sendo estes últimos a meta de todas as indústrias automotivas nas próximas décadas e, para fazer com que a transição seja mais suave, fazer com que primeiro os híbridos sejam tendência para depois dar espaço aos totalmente elétricos.

A razão para ser desta forma? Simplesmente a infraestrutura de alguns países (como o Brasil, por exemplo) não comportaria uma mudança tão brusca de cultura e de estrutura para comportar uma eletrificação total da frota. Fazendo a mudança de uma forma mais gradual, automaticamente se torna mais fácil fazer com que os países possam se preparar para receber uma nova frota totalmente elétrica.

Nova tendência de recarga

Levantamento feito pela General Motors aponta que nove entre 10 usuários costumam recarregar seus veículos elétricos na residência ou no trabalho, aproveitando o período que o automóvel passa estacionado.
Levantamento feito pela General Motors aponta que nove entre 10 usuários costumam recarregar seus veículos elétricos na residência ou no trabalho, aproveitando o período que o automóvel passa estacionado.

Enquanto este momento não chega, diversas formas de se carregar os carros elétricos que já circulam pelo Brasil são feitas, mas de acordo com um levantamento feito pela General Motors, ao menos os usuários do modelo elétrico da marca, o Chevrolet Bolt, já apresentam uma tendência na hora de carregar seus veículos.

De acordo com este levantamento, 9 em cada 10 usuários de carros elétricos fazem as recargas utilizando um carregador de garagem do tipo Wallbox, que permite realizar o carregamento do veículo até quatro vezes mais rápido do que em uma tomada 220 convencional.

Além disso, as recargas destes usuários são feitas ou em casa ou no trabalho, mostrando assim uma tendência que, caso mantenha este ciclo, pode ser uma das soluções definitivas para recarregar um carro elétrico, ao invés de ter que se dirigir a um ponto de recarga.

Nova geração de baterias

Como a média de deslocamento das pessoas é de aproximadamente 40 quilômetros por dia, é possível afirmar que basta uma recarga completa para rodar mais de uma semana em EVs mais modernos, com autonomia superior a 400 km.
Como a média de deslocamento das pessoas é de aproximadamente 40 quilômetros por dia, é possível afirmar que basta uma recarga completa para rodar mais de uma semana em EVs mais modernos, com autonomia superior a 400 km.

Esta tecnologia está sendo totalmente plausível de ser utilizada por conta da nova geração de baterias que as montadoras começaram a utilizar em seus carros. A Chevrolet, por exemplo, irá permitir que o Blazer EV, novo SUV elétrico da marca, consiga adicionar 130 km de autonomia com apenas uma hora de recarga, podendo rodar até 530 km com apenas uma carga.

Quando olhamos o que temos no Brasil, já temos uma grande melhoria quando comparamos com o Bolt EV novo, que conta com uma bateria de 66 kwh contra 60 kwh dos primeiros que chegaram ao país. Com baterias mais potentes e que recarregam mais rápido, a tendência é que o receio por adquirir veículos elétricos venha a cair com o tempo.

*Com informações da GM.

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?