buscar
Dicas

Dicas do que se pensar antes de comprar um carro usado ou seminovo

Ao comprar um carro usado, é importante tomar alguns cuidados. Verifique o histórico do veículo, faça uma inspeção detalhada da condição mecânica e externa, teste o carro em diferentes condições, verifique a documentação e negocie o preço.
Publicado em Dicas dia 18/05/2023 por Alan Corrêa

Ao comprar um carro usado, é importante tomar alguns cuidados. Verifique o histórico do veículo, faça uma inspeção detalhada da condição mecânica e externa, teste o carro em diferentes condições, verifique a documentação e negocie o preço.

Lembre-se de que a compra de um carro usado ou seminovo requer cuidado, pesquisa e diligência. Seguir essas dicas ajudará a minimizar os riscos e aumentar a probabilidade de fazer uma escolha acertada.

1. Histórico e manutenção

Histórico e manutenção: Verifique o histórico do veículo e se a manutenção foi realizada regularmente.

Ao considerar a compra de um carro usado ou seminovo, é fundamental examinar o histórico do veículo. Verifique se há registros de acidentes, danos estruturais, recall ou qualquer outra informação relevante. Solicite o relatório completo do histórico do carro por meio de serviços especializados. Além disso, verifique se o proprietário anterior realizou a manutenção regularmente, pois isso pode impactar a vida útil e o desempenho do veículo.

2. Condição externa e mecânica

Condição externa e mecânica: Faça uma inspeção cuidadosa da condição externa, incluindo arranhões e mossas, além de verificar os sistemas mecânicos.

Ao inspecionar o carro, observe cuidadosamente a condição externa, como arranhões, mossas ou sinais de reparos recentes. Verifique também o estado dos pneus, incluindo a profundidade dos sulcos. Por dentro, verifique os bancos, painéis e tapetes quanto a desgaste excessivo. Além disso, teste os sistemas mecânicos, como freios, suspensão, direção e sistema de escape, para garantir que estejam em boas condições.

3. Quilometragem

Quilometragem: Avalie a quilometragem do veículo e leve em consideração seu impacto no desgaste e vida útil.

A quilometragem é um fator importante a ser considerado. Carros com uma quilometragem mais alta tendem a ter mais desgaste em componentes-chave, como motor e transmissão. No entanto, isso não significa necessariamente que você deva evitar carros com quilometragem mais alta. O histórico de manutenção adequada e cuidados regulares podem compensar uma quilometragem mais alta. Avalie a quilometragem em conjunto com outros fatores antes de tomar uma decisão.

4. Procedência

Procedência: Verifique a procedência do veículo, solicitando a documentação completa e verificando se há restrições legais.

Verifique a procedência do veículo para evitar problemas futuros. Solicite a documentação completa, incluindo o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) e o Certificado de Registro do Veículo (CRV). Certifique-se de que o número do chassi corresponde aos documentos e verifique se há restrições legais, como multas ou pendências. Comprar de revendedores confiáveis ou de particulares com boa reputação pode reduzir o risco de adquirir um carro com problemas.

5. Teste de condução

Teste de condução: Faça um teste de condução para avaliar o desempenho do carro em diferentes condições de estrada.

Antes de finalizar a compra, faça um teste de condução. Isso permitirá que você avalie o desempenho do carro em diferentes condições de estrada e verifique se há problemas perceptíveis. Preste atenção à suavidade da direção, à resposta dos freios, ao funcionamento da transmissão e a quaisquer ruídos ou vibrações incomuns. Além disso, teste os recursos internos, como o ar-condicionado, sistema de som, vidros elétricos, entre outros.

6. Verificação técnica

Verificação técnica: Considere solicitar uma verificação técnica independente para identificar problemas ocultos.

Não hesite em solicitar uma verificação técnica independente antes de finalizar a compra. Um mecânico qualificado pode identificar problemas ocultos ou desgastes que não são aparentes em uma inspeção visual. Essa avaliação pode ajudar a evitar surpresas desagradáveis ​​após a compra e fornecer informações valiosas sobre o estado do veículo. O mecânico poderá verificar o funcionamento do motor, sistema elétrico, sistema de refrigeração, transmissão, suspensão e outros componentes importantes. Essa etapa adicional de verificação pode fornecer uma visão mais abrangente do estado do veículo e ajudar a tomar uma decisão informada.

7. Preço e negociação

Preço e negociação: Pesquise o preço de mercado e esteja preparado para negociar o valor do veículo.

Pesquise o preço de mercado do modelo e ano específicos do carro que você está considerando. Isso ajudará a determinar se o preço anunciado é justo e se há espaço para negociação. Lembre-se de que o preço pode variar dependendo da condição do veículo, quilometragem, acessórios e demanda do mercado local. Esteja preparado para negociar e considere fatores adicionais, como garantia, custos de manutenção futuros e possíveis reparos necessários.

8. Documentação e transferência

Documentação e transferência: Verifique se todos os documentos estão em ordem para a transferência legal do veículo.

Certifique-se de que todos os documentos necessários estejam em ordem para a transferência legal do veículo para o seu nome. Verifique se há pendências financeiras, como financiamento ou leasing em andamento, para evitar problemas futuros. Ao concluir a compra, faça a transferência de propriedade corretamente, seguindo os procedimentos legais e registrando a transação junto ao órgão de trânsito competente.

9. Garantia

Garantia: Verifique se há garantia remanescente do fabricante e entenda os termos da garantia oferecida pelo vendedor.

Ao comprar um carro usado ou seminovo, verifique se ainda há alguma garantia remanescente do fabricante. Além disso, alguns revendedores e vendedores particulares oferecem garantias adicionais. Entenda os termos da garantia e quais componentes estão cobertos. Isso pode oferecer uma proteção extra contra possíveis problemas mecânicos no futuro.

10. Seguro e custos adicionais

Seguro e custos adicionais: Pesquise os custos de seguro e leve em consideração os custos adicionais, como impostos e manutenção regular.

Antes de finalizar a compra, pesquise os custos de seguro para o veículo que você pretende adquirir. Alguns carros usados podem ter prêmios de seguro mais altos devido a fatores como modelo, idade e histórico. Além disso, leve em consideração outros custos adicionais, como impostos, manutenção regular, combustível e possíveis reparos futuros. Esses fatores devem ser considerados para garantir que o veículo se encaixe no seu orçamento.

*Com informações do Procon-SP, Pref.SP e Juiz de Fora.