Novo VW Play é destaque do Volkswagen T‑Cross 2021

A Volkswagen demorou para se posicionar perante o segmento dos SUVS, chegando a perder inúmeras vendas por contar somente com o Tiguan à época como SUV da marca no Brasil. Demorou, mas o T-Cross chegou e, depois de um início devagar, o modelo conseguiu conquistar seu espaço.

Novidades
1 mês atrás
Novo VW Play é destaque do Volkswagen T‑Cross 2021

Chegando agora na versão 2021, o T-Cross teve seu design inteiramente conservado, com levíssimas mudanças no exterior, mas tendo a conectividade e os itens de série como principais diferenciais da versão do ano anterior.

Necessidade de reposicionamento

A primeira das necessidades que o T-Cross enfrentou este ano foi a de se reposicionar no mercado, afinal a própria Volkswagen lançou o Nivus, um SUV um pouco menor, porém com bastante porta-malas, um design coupe e preço similar.

Para que um modelo não acabasse entrando em conflitos de venda com o outro, foram precisos serem feitos alguns ajustes no T-Cross para que ele pudesse realmente estar em um patamar acima do Nivus, podendo assim ser justificada a escolha de um T-Cross a um Nivus.

Tecnologia é o diferencial

A linha 2021 do Volkswagen T‑Cross, que chega com preços entre R$ 91.660 e R$ 120.600
A linha 2021 do Volkswagen T‑Cross, que chega com preços entre R$ 91.660 e R$ 120.600

Os itens que o T-Cross oferece já são conhecidos, como Painel Digital, Volante multifuncional, saída de ar para os bancos traseiros, ar-condicionado digital, câmera de ré, detector de fadiga, teto solar entre vários outros que podem vir em cada versão de acabamento.

Mas o principal diferencial do modelo 2021 para os demais está na central multimídia do veículo. Contando agora com o novíssimo VW Play desde a versão de entrada, a nova multimídia de 10,1 polegadas que utiliza somente botões virtuais e permite o usuário baixar aplicativos na mesma como IFood, Waze e Spotify na loja virtual agora também está disponível no T-Cross e não mais apenas no Nivus.

Mesmas versões, maiores preços

As versões do T-Cross permanecem as mesmas, com a diferença de que algumas adquiriram alguns itens que eram opcionais para sí.

Hoje, além da versão Sense para PCD, o T-Cross conta com as versões 200 TSI manual (91.660) e automático (99.090), Comfortline (112.120) e Highline 250 TSI (120.600), ambas com câmbio automático de seis velocidades.

Novos itens de série

Além dos diversos itens de série que já equipavam o veículo como 6 airbags (2 frontais, 2 laterais nos bancos dianteiros e 2 de cortina), controles eletrônicos de tração (ASR) e estabilidade (ESC), bloqueio eletrônico do diferencial (XDS+), auxílio de partida em rampa (Hill Hold Control), ar-condicionado, espelhos retrovisores externos com ajuste elétrico e função ‘Tilt Down’ do lado direito, direção elétrica, lanternas em LED, faróis de neblina com função ‘Cornering Light’, luz de condução diurna (DRL) em LED, rodas de liga leve de 16 polegadas, sensor de estacionamento traseiro, volante multifuncional, vidros elétricos nas quatro portas e sistema ISOFIX, o modelo agora conta com freio de colisão, monitoramento de pneus e regularem do facho dos faróis em todas as versões.

Sem muitas novidades, o T-Cross 2021 tem como sua principal aposta os novos itens de série de cada versão e, principalmente, a nova multimídia que a Volkswagen pretende utilizar em todos seus novos veículos.

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?