buscar
Carros

O que esperar do novo SUV Jeep Avenger, o irmao menor do Jeep Renegade

Conhecido como "baby-Renegade," esse novo modelo promete agitar o segmento automotivo e competir de forma acirrada com rivais como o Fiat Pulse e o Volkswagen Nivus.
Publicado em Carros dia 18/07/2023 por Alan Corrêa

A filial brasileira da Stellantis está prestes a surpreender o mercado nacional com o lançamento do aguardado Jeep Avenger, um SUV subcompacto que tem chamado a atenção por sua semelhança com seu irmão maior, o Jeep Renegade.

Conhecido como “baby-Renegade,” esse novo modelo promete agitar o segmento automotivo e competir de forma acirrada com rivais como o Fiat Pulse e o Volkswagen Nivus.

Jeep Avenger

Novo Jeep Avenger: O Mais Novo Concorrente dos SUVs Subcompactos se Aproxima do Lançamento no Brasil

Batizado como Avenger e identificado pelo projeto 516, mesmo código usado para a versão totalmente elétrica comercializada na Europa, o SUV brasileiro será construído sobre a plataforma CMP (Common Modular Platform). Essa plataforma é utilizada atualmente nos modelos Citroën C3, produzido em Porto Real (RJ), e Peugeot 208, fabricado na Argentina, e também servirá de base para a próxima geração do Fiat Argo, conhecida internamente como Projeto 328.

Recentemente, informações sobre o Jeep Avenger foram reveladas, indicando que a montadora já apresentou o carro a um grupo selecionado de possíveis clientes, que tiveram a oportunidade de emitir suas opiniões para aprimorar o projeto. Durante essa apresentação, foi revelado que o SUV estará disponível com o motor 1.0 turboflex, o mesmo T200 que impulsiona os modelos Fiat Pulse e Fastback. Além disso, o Avenger contará com uma versão híbrida autorecarregável (HEV), que combina o motor T200 com um motor elétrico, e terá o câmbio CVT com simulação de sete marchas.

Em relação ao tamanho, o Jeep Avenger se manterá próximo às dimensões de sua versão comercializada no exterior, com aproximadamente 4,08 metros de comprimento, 1,78 metros de largura, 1,53 metros de altura e 2,56 metros de entre-eixos. O porta-malas terá capacidade para cerca de 380 litros, quase igual ao do Jeep Renegade, que oferece 385 litros de espaço.

Preço do Jeep Avenger

Batizado de Avenger, o SUV receberá a designação de projeto 516, a mesma usada pela Stellantis na Europa, onde é comercializado em uma versão totalmente elétrica. No Brasil, o modelo será construído sobre a plataforma CMP (Common Modular Platform), atualmente utilizada nos modelos Citroën C3, produzido em Porto Real (RJ), e Peugeot 208, fabricado na Argentina. Além disso, essa base também servirá de alicerce para a próxima geração do Fiat Argo, internamente conhecida como Projeto 328.

Quanto ao lançamento e preços, detalhes precisos ainda não foram divulgados. A expectativa é de que o lançamento ocorra em 2024, enquanto os preços devem ser definidos apenas na fase final do projeto. Contudo, uma fonte próxima à montadora sugere que as versões de entrada do Avenger devem custar menos de R$ 100 mil, e a versão híbrida poderá chegar a aproximadamente R$ 130 ou R$ 140 mil, alcançando o patamar inicial do Jeep Renegade.

A estratégia da Stellantis com o Jeep Avenger é oferecer um SUV com apelo popular, com tamanho e motor semelhantes ao do Fiat Pulse, visando conquistar o segmento e competir de forma acirrada com outros modelos concorrentes. Caso o Avenger seja bem recebido pelos consumidores brasileiros, a Stellantis consolidará ainda mais sua presença na categoria mais desejada do mercado nacional, que já conta com sucessos como Renegade, Compass, Pulse, Fastback, Strada, Toro e, futuramente, Rampage e Titano, contribuindo para o crescimento do grupo automotivo no país.

*Com informações do Fusne.