Passat é primeiro carro semi-autônomo da Volkswagen

Em um mundo onde a condução autônoma é uma novidade cada vez mais presente, o fato de não começar a aderir esta tecnologia pode pesar na questão de inovações.

Carros
3 meses atrás
Passat é primeiro carro semi-autônomo da Volkswagen

Sabendo disso, a Volkswagen lançou por meio de um Workshop Técnico em Hamburgo a linha 2019 do renomado sedan Passat, mas desta vez adotando um modo de condução semi-autônoma, tornando-se assim o primeiro veículo da marca a aderir a tal tecnologia.

Visual

Volkswagen Passat
Volkswagen Passat

O visual não muda muitas coisas em comparação com a linha de 2018. O design continua agressivo, com linhas arrojadas e um tom de esportividade.

Entre as sutis mudanças, vale ressaltar que as lanternas traseiras juntamente ao conjunto óptico foram substituídos, para assim conseguir implantar os novos faróis LED Matrix, que se adaptam para não atrapalhar a visão do motorista que vem no sentido contrário e para iluminar melhor locais de baixa luminosidade, sendo muito útil para a condução semi autônoma.

Chegará ao Brasil?

De acordo com a montadora alemã, não há uma previsão de chegada ao Brasil tão cedo. Enquanto isso, as vendas do Passat 2018 continuam por aqui partindo de R$ 165 mil.

Volkswagen Passat
Volkswagen Passat

Na Europa, a pré-venda está anunciada para maio e entrega somente a partir de setembro, tendo assim uma espera de no mínimo 4 meses para receber o sedan.

Além disso, problemas como o baixo número de vendas de carros atrelados às grandes taxas de importações atrapalham ainda mais a vinda do carro ao Brasil. Na Europa, no entanto, o Passat no segmento de peruas é líder e nos de sedans perde apenas para a Mercedes C-180.

Motorizações

A diversidade de motorizações do Passat na Europa chega até a assustar, chegando a ter até oito opções. São elas:

  • TSI 1.5 Gasolina de 150cv
  • TSI 2.0 Gasolina de 190cv
  • TSI 2.0 Gasolina de 270cv
  • TDI Diesel 1.6 de 120cv
  • TDI Diesel 2.0 evo de 200cv
  • TDI Diesel 2.0 de 190cv
  • TDI Diesel 2.0 Biturbo de 240cv.
  • 1.4 Gasolina + elétrico de 217cv

Condução semi autônoma

Sem dúvidas essa linha de 2019 ficou marcada pela introdução do modo de condução semi-autônoma.

Volkswagen Passat
Volkswagen Passat

Antigamente, apenas os carros da Audi (marca da Volkswagen) conseguiam ser guiados dessa maneira, mas até 60km/h para ser utilizado em trânsitos intensos.

Com uma série de sensores com maior capacidade, um controle adaptativo (ACC) que consegue identificar faróis e cruzamentos e um modo de “Estacionamento de Emergência” são fatores primordiais para a condução semi-autônoma, que ainda não consegue mudar de faixas automaticamente, mas já demonstrando um grande avanço.

Além disso, o Passat oferece maneiras de condução para se adequar ao estilo do motorista, alterando assim suspensão, direção, economia e velocidade nas retomadas.

Em uma escala de 5 pontos de condução autônoma, o Passat está no estágio 2 de acordo com o porta voz de produtos médios e grandes da Volkswagen Martin Hube. Mesmo sendo uma escala pequena, já pode ser considerado um grande avanço na montadora alemã.

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?