Renault Kwid elétrico pode ser o carro elétrico mais barato do Brasil

Ele chegou pra ganhar o mercado dos populares, conquistou espaço e agora está chegando na pista dos carros elétricos, o novo Renault Kwid E-TECH poderá ser o seu primeiro veículo elétrico devido ao preço.

Novidades
Publicado em 14/04/2022 por Alan Corrêa
Renault Kwid elétrico pode ser o carro elétrico mais barato do Brasil

A economia do quilômetro rodado é uma das vantagens prometidas pelo carro, natural nos veículos elétricos, que no Kwid E-TECH é também resultado do peso de apenas 977 kg. Traduzindo em valores: considerando R$ 7,30 o preço médio da gasolina em capitais do Sul e Sudeste, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), e o valor médio de 1kWh a R$ 0,66, o custo de um quilômetro rodado do Kwid E-TECH é de R$ 0,06. Esse mesmo quilômetro rodado custa R$ 0,48 em um veículo térmico equivalente.

Preço do Kwid elétrico

Veículo mais acessível da gama Renault E-TECH no Brasil
Veículo mais acessível da gama Renault E-TECH no Brasil

O Kwid E-TECH Electric é oferecido em única versão e tem preço sugerido de R$ 142.990.

“A gama Renault E-TECH conecta inovação e tecnologia a um mundo mais sustentável e o Kwid E-TECH chega para ampliar essa oferta para o consumidor brasileiro”, afirma Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil.

Renault Kwid E-TECH

Motor elétrico desenvolvido para o perfil de uso do brasileiro garante agilidade no trânsito urbano
Motor elétrico desenvolvido para o perfil de uso do brasileiro garante agilidade no trânsito urbano

A motorização 100% elétrica de 48 kW (equivalente a 65 cv) é associada a uma bateria de 26,8 kWh e possibilita uma experiência de vida a bordo capaz de combinar conforto e performance. E isso é sentido pela pronta resposta da aceleração, ausência de ruído e a não necessidade de troca de marchas. Durante o uso não há emissão de poluentes ou CO2.

Facilidade de recarga, que pode ser feita em uma tomada doméstica padrão ABNT em 127/220 volts, em carregador Wallbox AC e em carregador rápido DC
Facilidade de recarga, que pode ser feita em uma tomada doméstica padrão ABNT em 127/220 volts, em carregador Wallbox AC e em carregador rápido DC

Leve e compacto, o Kwid E-TECH Electric oferece uma autonomia de 265 km em ciclo misto e 298 km em ciclo urbano, segundo a norma SAE J1634 utilizada pelo Inmetro. A frenagem regenerativa permanente recupera energia a cada vez que se deixa de exercer pressão sobre o pedal do acelerador e, também, quando freia.

A autonomia da bateria pode ser otimizada por meio do modo de condução ECO acionado facilmente através de um botão no console central. Este modo limita a potência de 33 kW (em vez de 48kW), velocidade máxima a 100 km/h e torna a frenagem regenerativa mais atuante.

O Kwid E-TECH é recarregado por meio de um conector localizado atrás da grade frontal, na altura do logo. O destravamento do compartimento de recarga é feito por meio de um comando localizado internamente, sob o volante.

Kwid E-TECH tem o melhor índice de eficiência energética entre todos os elétricos no país, de acordo com Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular
Kwid E-TECH tem o melhor índice de eficiência energética entre todos os elétricos no país, de acordo com Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular

A recarga pode ser feita em tomada comum, em Wallbox de corrente alternada (AC) de 7 kW e em carregadores de corrente contínua (DC). Por exemplo, para carregar dos 15% até 80% da carga da bateria em DC são necessários 40 minutos, em um Wallbox de 7kW são 2h54 e em uma tomada doméstica de 220 volts são 8h57.

Enquanto o Kwid E-TECH está carregando, o painel de bordo exibe o indicador de recarga e também mostra a autonomia disponível em quilômetros com o nível de carga atual.

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?