buscar
Notícias

Stellantis apresenta novo SUV Citroen C3 Aircross que será produzido no Rio de Janeiro

Um dos pilares desse encontro histórico foi a confirmação dos investimentos massivos da Stellantis no Polo Automotivo de Porto Real, totalizando R$ 2,5 bilhões até 2025.
Publicado em Notícias dia 23/09/2023 por Alan Corrêa

No cenário automotivo brasileiro, uma notícia de grande relevância ecoou recentemente, trazendo consigo perspectivas de desenvolvimento, inovação e sustentabilidade. O presidente da Stellantis para a América do Sul, Antonio Filosa, se reuniu com o Governador do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, para oficializar a continuidade dos investimentos no Polo Automotivo de Porto Real.

O encontro foi marcado por anúncios significativos que reforçam o compromisso da empresa com o setor automotivo e com o Estado do Rio de Janeiro.

Investimentos de R$ 2,5 Bilhões até 2025

Stellantis Investirá uma Fortuna e Desenvolve Veículos “Bio-Hybrid” para Porto Real

Um dos pontos centrais da reunião foi a confirmação dos investimentos da Stellantis no Polo Automotivo de Porto Real, que totalizarão impressionantes R$ 2,5 bilhões até o ano de 2025. Esses investimentos serão destinados a diversas áreas estratégicas, visando não apenas o crescimento da unidade, mas também a modernização das instalações, sistemas e equipamentos da planta. Isso garantirá que o Polo de Porto Real esteja preparado para enfrentar os desafios e demandas do mercado automotivo nas próximas décadas.

O presidente da Stellantis, Antonio Filosa, enfatizou a importância estratégica do Polo de Porto Real para a empresa e para o desenvolvimento de uma mobilidade sustentável e acessível. Ele destacou que as instalações da planta têm recebido investimentos significativos nos últimos anos, e os sistemas de produção estão atualizados com as melhores referências tecnológicas globais da Stellantis. Além disso, os colaboradores estão devidamente capacitados, reunindo as competências e talentos necessários para impulsionar o crescimento da unidade de Porto Real.

O investimento de R$ 2,5 bilhões também abrange o desenvolvimento de novos produtos e Pesquisa & Desenvolvimento, o que significa que podemos esperar a introdução de inovações e veículos modernos saindo das linhas de produção do Polo nos próximos anos. Esse compromisso com a pesquisa e a inovação destaca a importância da unidade de Porto Real para a estratégia de longo prazo da Stellantis.

Plataforma CMP e Tecnologia Bio-Hybrid

Dentro desses investimentos, um montante significativo, R$ 330 milhões, foi alocado para o desenvolvimento de uma variante da plataforma CMP (Common Modular Platform). Essa plataforma é altamente flexível e pode ser utilizada em modelos de diversas marcas da Stellantis, tornando-a compatível com motorização térmica, híbrida e elétrica. Isso é um passo crucial para a empresa na direção da mobilidade sustentável e acessível.

A plataforma CMP servirá como base para a continuidade da inovação da Stellantis e permitirá ao Polo Automotivo de Porto Real produzir veículos híbridos, adotando a recém-anunciada tecnologia Bio-Hybrid. Essa tecnologia representa uma abordagem inovadora, que combina energia térmica flexível e eletrificação para criar soluções de mobilidade sustentável. Ela está alinhada com o compromisso da Stellantis de reduzir as emissões em 50% até 2030, como parte do plano estratégico Dare Forward 2030.

Família C-Cubed: Novos Modelos em Destaque

A plataforma CMP também é a base do projeto C-Cubed, que engloba uma nova família de veículos composta por três modelos. O primeiro a ser lançado foi o novo Citroën C3, que se destacou no mercado e recebeu prêmios como Melhor Carro Nacional (Car Magazine, 2022) e Melhor Carro Urbano do Mundo (World Car Awards, 2023), entre outros.

O próximo modelo a ser lançado é o Aircross, que foi apresentado ao governador Cláudio Castro durante o encontro. A família C-Cubed se completa com um terceiro modelo que está atualmente em desenvolvimento, representando um aumento significativo na produção do Polo nos próximos anos.

Essa expansão da linha de produção e o sucesso dos modelos da família C-Cubed reforçam a importância do Polo Automotivo de Porto Real para o desenvolvimento do grupo Stellantis na América do Sul.

Impacto na Economia Local

Além de encher nossos olhos com carros incríveis, o Polo Automotivo de Porto Real também faz sua parte para impulsionar a economia local.

Além de seu papel crucial na indústria automotiva, o Polo Automotivo Stellantis de Porto Real tem um impacto significativo na economia local. Desde 2001, quando iniciou suas operações, a unidade recebeu mais de R$ 7,6 bilhões em investimentos, contribuindo para a expansão da indústria na região. A planta é responsável por 1,7 mil empregos diretos, e a instalação da linha de produção de veículos e motores atraiu fornecedores, incluindo empresas de autopeças e prestadores de serviços essenciais para o processo produtivo e a qualidade de trabalho.

No ano passado, o Polo Automotivo de Porto Real demandou cerca de R$ 3,3 bilhões em componentes e insumos para produzir sua linha de veículos. Notavelmente, aproximadamente 40% dessa demanda foi atendida por fornecedores localizados no estado do Rio de Janeiro. Isso demonstra o impacto positivo e estruturante da operação automotiva sobre a economia fluminense.

Vocação Exportadora

Com uma vocação exportadora sólida, o Polo Automotivo Stellantis de Porto Real tem dinamizado a utilização de portos e aeroportos do estado para operações de exportação, importação e desembaraço aduaneiro de máquinas e equipamentos. Desde o início de suas operações, a unidade já exportou mais de 355 mil unidades, principalmente para países da América Latina. Esse desempenho impressionante lhe rendeu o Prêmio de Eficiência Logística do Rio Galeão por quatro vezes, além de diversas outras condecorações ao longo de sua história, como as 15 premiações da Firjan pelo título de maior exportador do Estado do Rio de Janeiro para o Mercosul.

Valorização das Pessoas: Educação e Desenvolvimento

Stellantis Anuncia Investimentos Bilionários e Inovações Sustentáveis para o Polo Automotivo de Porto Real

Além dos aspectos econômicos e industriais, a presença da Stellantis no sul fluminense também tem um impacto social significativo. A empresa tem investido na educação e no desenvolvimento da comunidade local, reconhecendo a importância de estimular simultaneamente o crescimento econômico e social.

Uma das iniciativas notáveis é a Escola Formare Stellantis, que oferece formação profissional para jovens de 17 anos em situação de vulnerabilidade econômica e social da região em que a fábrica da Stellantis está instalada. O projeto começou em 2008 e já formou 10 turmas de jovens no curso profissionalizante de Assistente de Operações Automotivas Industriais. A escola é fruto de uma parceria entre a Stellantis e a Fundação Iochpe, sendo reconhecida pelo Ministério da Educação e Cultura.

Uma característica única deste projeto é a participação ativa dos funcionários da Planta Stellantis de Porto Real, que atuam como educadores voluntários dos alunos durante seu horário de trabalho. Mais de 50 funcionários estão envolvidos nessa importante ação de responsabilidade social, compartilhando seus conhecimentos e competências.

Outra iniciativa apoiada pela empresa é o Programa Dupla Escola Stellantis, em parceria com a Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro (SEEDUC), SENAI Rio e RioSolidario. A Stellantis realizou reformas de infraestrutura no CIEP 493 (Centro Integrado de Educação Pública), transformando-o em uma Escola Técnica que oferece formação profissionalizante para alunos selecionados com base no desempenho escolar. Nos últimos anos, o programa já beneficiou mais de 300 alunos.

Bio-Hybrid: O Futuro da Propulsão Sustentável

Um dos anúncios mais notáveis durante o encontro foi a apresentação da nova tecnologia de motopropulsão híbrida Bio-Hybrid, desenvolvida no Brasil. Essa tecnologia representa um passo significativo em direção à mobilidade sustentável, combinando energia térmica flexível e eletrificação.

A Bio-Hybrid é composta por três plataformas flexíveis que podem ser adotadas em uma variedade de marcas e produtos da Stellantis, oferecendo soluções acessíveis para a transição para uma mobilidade sustentável. Essa tecnologia é altamente versátil e pode ser implementada nas linhas de produção das três plantas da Stellantis no Brasil: Betim (MG), Porto Real (RJ) e Goiana (PE), tornando-a parte integrante da estratégia multirregional de produção da empresa.

Antonio Filosa, presidente da Stellantis para a América do Sul, enfatizou que a Bio-Hybrid faz parte da rota tecnológica da mobilidade acessível e sustentável adotada pela empresa. Essa tecnologia visa potencializar os benefícios do etanol, um combustível renovável cujo ciclo de produção absorve a maior parte de suas emissões, combinando-o com sistemas elétricos de propulsão. Isso não apenas reduz as emissões de carbono, mas também oferece ganhos de eficiência e economia de combustível.

Compromisso com a Descarbonização

Um dos pilares desse encontro histórico foi a confirmação dos investimentos massivos da Stellantis no Polo Automotivo de Porto Real, totalizando R$ 2,5 bilhões até 2025.

O desenvolvimento da tecnologia Bio-Hybrid está em perfeita sintonia com o plano estratégico de longo prazo da Stellantis, chamado Dare Forward 2030. Esse plano estabelece a meta de descarbonização dos processos e produtos da empresa até 2038, com uma redução significativa nas emissões já em 2030. Isso reafirma o compromisso da Stellantis com a sustentabilidade ambiental e o papel proativo que a empresa desempenha na busca por soluções de mobilidade mais limpas e eficientes.

O encontro entre o presidente da Stellantis para a América do Sul, Antonio Filosa, e o Governador do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, não apenas reforçou o compromisso da empresa com o desenvolvimento industrial e econômico da região, mas também trouxe à tona inovações tecnológicas e sociais significativas. O Polo Automotivo de Porto Real está posicionado como um hub crucial para a Stellantis, contribuindo para o crescimento econômico, a formação de jovens talentos e a busca por soluções de mobilidade sustentável. Com investimentos substanciais e um foco claro na descarbonização, a Stellantis está moldando ativamente o futuro da indústria automotiva no Brasil e na América do Sul.