A história do Rally Dakar é marcada pela velocidade e a diversão

Grande parte dos apaixonados por carros também acabam se tornando fanáticos pelas corridas, que envolvem altas velocidades, estratégias e também consagram montadoras, seus modelos e os pilotos que guiam estas máquinas.

História
6 meses atrás
A história do Rally Dakar é marcada pela velocidade e a diversão
Edoardo Bauer / Red Bull Content Pool

Entre estas corridas, o estilo de rally costuma atrair os olhares por conta da altíssima velocidade empregada em circuitos off-road e também por conta dos veículos que se tornaram lendas neste meio, como o Audi Quattro, Lancer Evolution e o Impreza. A maior competição de ralis do mundo, o Rally Dakar, conta com todos os ingredientes de uma competição automotiva de primeiro nível, ainda mais se analisarmos toda sua história e legado adquirido.

Como surgiu o Rally Dakar

Para entendermos o surgimento do Rally Dakar, devemos voltar no ano de 1977 durante o rali Abidjan-Nice, quando o francês Thierry Sabine se perdeu no decorrer da prova no deserto do Saara e, neste local onde o mesmo se perdeu, olhou para seu redor e percebeu que naquela área poderia ser realizada uma excelente prova de rally.

Rally Dakar
Rally Dakar

Foi então que, em 1979 (lembrando que a prova teve início no dia 26 de dezembro de 1978) o Rally Dakar teve sua primeira edição, saindo de Paris (França) em direção a Dakar (Senegal), tendo o piloto Alain Génestier com seu Range Rover V8 vencendo a prova de carros e Cyril Neveu vencendo a categoria de motos com uma Yamaha XT 500.

Até o ano de 1991, a corrida sempre tinha como ponto de partida Paris e de chegada Dakar, mas uma série de fatores fizeram como a guerra-civil na Argélia fizeram com que, em 1992, o percurso fosse alterado de forma em que a corrida saísse de Paris e terminasse na Cidade do Cabo, na África do Sul.

Em 1994, o trajeto do rally pela primeira e única vez teve início e fim em Paris, marcando assim o começo do fim da tradição da corrida começar na capital francesa. A partir de 95, cidades foram se alternando como ponto de partida até Dakar, como por exemplo Granada, Barcelona, Marseille, Lisboa e Paris, que teve sua última edição de ponto inicial da corrida no ano de 2001.

No ano de 2008, um fato mudou completamente a história do Rally Dakar, pois a prova teve que ser cancelada por medidas se segurança visto que terroristas ligados a Al Qaeda ameaçaram cometer atentados na parte do trajeto durante a Mauritânia, fazendo a corrida ser cancelada um dia antes da largada.

Com o medo de realizar o evento novamente e de novas ameaças surgirem, o Rally Dakar procurou outro território para sediar a corrida e, a convite de Chile e Argentina, desde 2009. O Rally Dakar é realizado na América do Sul, passando por países como Chile, Argentina, Peru, Paraguai e Bolívia.

A última edição disputada (2019) já começou a sentir o desgaste do trajeto, visto que a prova começou e se encerrou em Lima (Peru) e somado a isso às recusas de Chile e Argentina pagarem os valores pedidos pela ASO impossibilitando que o trajeto original voltasse ao normal, a organização do Rally Dakar fez um acordo com a Arábia Saudita e, a partir de 2020, durante 5 anos, a prova ocorrerá em território saudita.

Equipes vencedoras

Uma das maiores vantagens de se participar de uma prova disputada como esta é a possibilidade de demonstrar seus novos modelos e, mesmo os mais antigos, de reafirmar o compromisso dos mesmos.

A montadora que mais venceu títulos na categoria de veículos foi a Mitsubishi com o Pajero com 12 títulos conquistados (sendo os de 2001 até 2007 seguidos). O modelo ficou tão eternizado na memória da marca que a Mitsubishi lançou um modelo chamado Pajero Dakar, fazendo clara referência a prova.

O último campeão da prova de carros utilizava uma Toyota Hilux, que por sinal foi o primeiro título da marca japonesa nesta modalidade. Também vale ressaltar que a partir do ano de 1987, as francesas Peugeot e Citroen dominaram o cenário dos rallies, sendo quebrado este domínio justamente pelo Pajero da Mitsubishi.

No rally de motos, a plena dominância das montadoras em cada época é clara, visto que BMW, Honda e Yamaha disputavam sempre entre sí o topo, mas sempre com a Yamaha se saindo um pouco melhor. A tendência mudou em 2001 com a KTM que, desde então, sempre produziu a motocicleta dos vencedores, tendo 19 títulos consecutivos.

Rally Dakar será na Arábia Saudita em 2020

Rally Dakar será na Arábia Saudita em 2020
Rally Dakar será na Arábia Saudita em 2020

A equipe do evento confirmou que o Rally Dakar 2020 acontecerá na Arábia Saudita, saindo da América do Sul para dentro do maior país do Oriente Médio.

“África, América do Sul, e agora Ásia. O terceiro capítulo de sua história é particularmente fascinante e emocionante para uma corrida focada em exploração como o Dakar”, disse David Castera, diretor do Rally Dakar.

Com mais de dois milhões de quilômetros quadrados, a área da Arábia Saudita é de cerca de quatro vezes a França. O maior país do Oriente Médio, povoado em grande parte nas cidades próximas à costa, apresenta uma diversidade de territórios que provavelmente testarão os competidores de Dakar em todos os registros: pilotagem, navegação, resistência. Um chamado para a aventura.

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?