BMW i4 é o novo carro elétrico que você vai querer ter

São duas versões para você escolher, o I4 eDrive40 com 340 cv (250 kW) e tração integral, com autonomia estimada de 590 km (WLTP) e I4 M50 com 544 cv (400kW) também com tração integral, e autonomia estimada em até 510 km (WLTP).

Carros
2 semanas atrás
BMW i4 é o novo carro elétrico que você vai querer ter

Além de ser zero emissões, o i4 combina conforto, tecnologias avançadas e design de um gran coupe. Os novos modelos estarão disponíveis nas lojas a partir de novembro.

O modelo chega prometendo a melhor dinâmica e conforto para longas distâncias, além de tecnologias avançadas e zero emissões.

Tudo que o novo i4 tem a oferecer

Novo BMW i4 chega para integrar a gama de veículos elétricos da marca
Novo BMW i4 chega para integrar a gama de veículos elétricos da marca

Com uma estrutura de alumínio, o motor elétrico foi produzido exclusivamente com energia verde, e com uma potência de 340 cv e 43,8 kgfm de torque, o BMW i4 eDrive40 vai de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos e seu consumo de energia elétrica fica entre 20 e 16 kWh a cada 100 quilômetros. Essa versão terá a clássica tração traseira e velocidade máxima limitada a 190 km/h.

O BMW M50, por sua vez, terá satisfatórios 544 cv e torque de 81,1 kgfm, sua aceleração de 0 a 100 km/h, com a função Sport Boost ativada, será em apenas 3,9 segundos. O consumo de energia ficará entre 24 e 19 kWh a cada 100 quilômetros percorridos. A versão topo de linha terá tração integral e velocidade máxima de 225 km/h.

BMW i4M50
BMW i4M50

As baterias de alta voltagem NMC-811 do BMW i4 contém menos de 10% de cobalto, e foram estrategicamente posicionadas na parte inferior do assoalho, para reduzir o centro de gravidade e melhorar ainda mais a dirigibilidade. Elas são compostas de quatro módulos com 72 células cada e três módulos de 12 células e terão uma capacidade bruta de energia de 83,9 kWh.

Em relação ao carregamento, a unidade presente nos modelos permite o uso de estações de carregamento com saída de até 200 kW. Em cerca de 10 minutos de recarga, é possível ter uma autonomia de até 164 quilómetros na versão eDrive40 e para a versão M50, o alcance pode aumentar 140 quilômetros nesse intervalo.

Das tecnologia de chassi dos novos modelos elétricos inclui amortecedores com ajuste de altura, suspensão traseira a ar, sistema de direção eletromecânica com função servotronic, sistema de freios integrado, DSC (Controle dinâmico de estabilidade) e atuadores nas rodas/freios para correção de falta de aderência.

O BMW i4 possui um sistema de tração nas 4 rodas totalmente eletrônico, suspensão adaptativa M com ajustes individuais para molas e amortecedores, barras estabilizadoras e suportes extras às estruturas de suspensão, juntamente com uma direção esportiva com tensão variável, freios esportivos M e rodas de até 20´ de diâmetro com pneus de tamanhos distintos para rodas dianteiras e traseiras.

Modelo, apresentado em duas versões, faz parte da estratégia do BMW Group para ampliar a mobilidade sustentável em todo o mundo. I4 eDrive40 com 340cv (250 kW) e tração integral, com autonomia estimada de 590 km (WLTP). (Valores preliminares de testes pré-homologação). I4 M50 com 544cv (400kW) e tração integral, com autonomia estimada em até 510 km (WLTP). (Valores preliminares de testes pré-homologação). Lançamento mundial acontece no final do ano.
Modelo, apresentado em duas versões, faz parte da estratégia do BMW Group para ampliar a mobilidade sustentável em todo o mundo. I4 eDrive40 com 340cv (250 kW) e tração integral, com autonomia estimada de 590 km (WLTP). (Valores preliminares de testes pré-homologação). I4 M50 com 544cv (400kW) e tração integral, com autonomia estimada em até 510 km (WLTP). (Valores preliminares de testes pré-homologação). Lançamento mundial acontece no final do ano.

Ainda no quesito tecnologia, tanto o eDrive40 quanto o M50 serão um dos primeiros veículos da linha de produtos BMW a oferecer a oitava geração do sistema iDrive, a mais nova interação da interface motorista-passageiro-veículo da BMW. A central também poderá ser acionada pela voz utilizando o sistema de assistente pessoal da marca, que passou por um upgrade. São 12,3 polegadas para o cluster de instrumentos e 14,9 para a central multimídia. Os visores são curvos e a interface do usuário é comandada pelo potente BMW Operating System 8.0.

A tecnologia de quinta geração do BMW eDrive combina os motores elétricos, potência, sistemas de carregamento e baterias de alta voltagem (com alta performance, gerenciamento de energia e capacidade de armazenamento).
A tecnologia de quinta geração do BMW eDrive combina os motores elétricos, potência, sistemas de carregamento e baterias de alta voltagem (com alta performance, gerenciamento de energia e capacidade de armazenamento).

Além disso, os modelos contam com integração às interfaces Apple CarPlay e Android Auto, abertura de portas e partida do motor via aproximação do celular e suporte à rede 5G. Também estão disponíveis cerca de 40 assistências ao motorista, como aviso de colisão frontal e sistema de reação a semáforos.

E por último, mas não menos importante, o visual. Os modelos possuem a polêmica grade da BMW, equipada com novos sensores e radares úteis à automação parcial. Os faróis são estreitos, com sistema a laser da linha Laserlight opcionais. O modelo esportivo contará com detalhes característicos da Motorsport, para-choque dianteiro mais agressivo com o emblema da divisão, entradas de ar maiores e saias laterais pintadas em preto fosco, assim como a parte de trás dos retrovisores.

Os lançamentos serão um dos primeiros veículos da linha de produtos BMW a acompanhar o iDrive 8, a mais nova interação da interface motorista-passageiro-veículo da BMW, projetada para oferecer uma experiência de usuário mais natural, interativa e holística.
Os lançamentos serão um dos primeiros veículos da linha de produtos BMW a acompanhar o iDrive 8, a mais nova interação da interface motorista-passageiro-veículo da BMW, projetada para oferecer uma experiência de usuário mais natural, interativa e holística.

O interior é equipado com vidros acústicos, bancos e volante esportivos de série, e como opcional o cliente terá uma vasta quantidade de opções para incluir, como aquecimento e ventilação dos bancos até o acabamento em couro Vernasca. Entre outros detalhes estão o pacote M Sport Pro, iluminação ambiente e sistema de som da Harman Kardon, além de amplo teto solar. Entretanto, para a versão M50, está disponível o IconicSounds Eletric, sistema de som artificial do motor criado especialmente para EVs da BMW pelo compositor Hans Zimmer.

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?