Como se tornar um piloto de corrida de verdade

Brasileiro é um povo apaixonado por carros, e quase todo mundo já sonhou em ser piloto. Mas isso é realmente possível? Sim, é possível e mais fácil do que parece à primeira vista.

Dicas
1 mês atrás
Como se tornar um piloto de corrida de verdade

Com um curso de pilotagem rápido e barato o piloto já está apto para participar de competições. Com apenas um dia de treinamento já dá pra guiar até nas 24 Horas de Le Mans.

Curso de um dia

No Brasil, especialmente em Interlagos, existem diversos cursos de pilotagem para competição. Alguns desses cursos deixam o piloto apto para participar de qualquer categoria no Brasil – exceto Stock Car – em apenas um dia.

Um desses cursos é ministrado pelo Centro de Pilotagem Roberto Manzini, no qual o primeiro campeão de Stock Car, Paulo Gomes, atualmente representante da CBA. Ao final do curso o candidato pode decidir fazer a prova para receber a carteirinha de piloto.

Requisitos para conquistar a carteirinha de piloto

Terminado o treinamento, composto de aulas teóricas e prática no autódromo de Interlagos, o aluno pode escolher realizar a prova para receber a carteirinha de piloto. Isso tem um custo à parte do curso que gira em torno de R$ 2 mil.

Para passar nessa prova deverá, entretanto, o aluno deverá fazer a volta dentro de um limite máximo de tempo, o qual é estipulado pela coordenação do centro de pilotagem em função do clima e das condições da pista no momento da avaliação.

Seja piloto em um dia
Seja piloto em um dia

Ao que essa carteirinha dá direito?

Se o aluno for aprovado – e a maioria consegue passar na prova – já sai como piloto da categoria “B”, o que permite participar de competições como Porsche Cup e Sprint Race, entre outras categorias brasileiras.

Mais ainda, permite participar de competições no exterior, como o Mundial de Endurance, que inclui a famosa disputa das 24 Horas de Le Mans.

Como subir de categoria?

Para passar da categoria “A” para a categoria “B” o piloto precisará conquistar bons resultados em alguma competição de sua categoria. Isso exige prática, treino e muita experiência. Mas só precisa começar, o tempo e o esforço se encarregarão do resto.

Trajetórias de sucesso

O curso de pilotagem de corrida realmente funciona, e já foi responsável por diversos nomes de sucesso no mundo da velocidade. A maioria deles começaram pelo Kart, como por exemplo Ayrton Senna.

Muitos dos instrutores desses cursos são atualmente pilotos importantes das mais diversas categorias. Então, se você tem dúvida se o treinamento funciona, pode ficar tranquilo, funciona sim.

Grandes nomes começaram no Kart
Grandes nomes começaram no Kart

Como é o curso?

Esse tipo de curso geralmente começa na noite do primeiro dia, quando os alunos recebem a aula teórica – cerca de três horas – onde recebem orientações acerca da pista e da maneira correta de conduzir o carro dentro de um circuito de corrida.

Além disso, são passadas instruções técnicas sobre o comportamento dos diversos sistemas do carro, como eles interferem nas reações do piloto e os efeitos que essa combinação pode gerar. Isso tudo parece bem complicado na teoria, mas na prática fica mais fácil.

Na manhã do outro dia os alunos já vão para a pista. A parte prática costuma ser dividida em pequenas “aulas” rápidas com o instrutor explicando para o aluno o que ele deve fazer. Ao fim de cada parte o instrutor aponta os erros do aluno.

Tão logo o instrutor percebe que o aluno absorveu as orientações e está mais seguro, já mandará para a pista sozinho. A parte final do treinamento são as voltas rápidas, onde são aferidos os tempos do aluno.

Dicas para fazer bons tempos

Algumas dicas básicas podem ajudar a fazer bons tempos. Uma delas é o volante estar reto o maior tempo possível durante a volta. Por isso, é importante aprender bem os pontos de ataque e tangência das curvas do circuito.

A frenagem acontece antes de entrar na curva, e depois a aceleração deve ser retomada sem interrupção. Como todos já ouviram dizer, sair da curva acelerando. Mas para isso o piloto precisa conhecer bem a pista, saber onde deve começar a frenagem e quando retomar a aceleração.

Carros utilizados

Os carros utilizados para esse treinamento variam de escola para escola. A que mencionamos acima utiliza um Volvo C30 modificado. Esse modelo conta com câmbio manual de 5 marchas. O ponto da troca de marcha também é fundamental para um bom desempenho.

Não existe nenhuma proteção acústica para evitar os ruídos do motor modificado. Pelo contrário, quanto mais barulho mais empolgante fica a diversão. O painel, também modificado, resalta o conta-giros, que é um dos pontos principais de análise em uma competição de velocidade.

O carro também não conta com freios ABS ou controle de estabilidade – o que impediria boa parte das manobras – e os pneus são de tipo slick. Ou seja, o controle do carro fica, literalmente, no braço do piloto.

Volvo C30 Modificado
Volvo C30 Modificado

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?