Conheça a incrível história da montadora Chery

A Chery é uma das montadoras de automóveis mais recentes e com um dos maiores números de produção e exportação do mundo. Sua origem era de montadora de brinquedos infantis, e em 1997 começou a montar carros. Em 2019 foi a montadora que mais exportou carros.

História
3 meses atrás
Conheça a incrível história da montadora Chery

A empresa já vendeu mais de 1,5 milhão de unidades feitas na China e enviadas para outros pontos do Globo, especialmente pela Ásia. Aqui no Brasil não temos veículos da marca fabricados no país de origem, mas apenas os produzidos em território nacional.

Uma origem nada convencional

Acho que não deve existir nenhuma outra montadora de veículos que tenha sua origem na fabricação de brinquedos infantis. Mas essa é a origem da Chery. Fundada em 1997 para estimular a economia regional em Wuhu, a estatal deixou de produzir brinquedos e começou a montar carros.

Seu primeiro pedido foi feito pelo governo local (único acionista na ocasião), uma produção grande de veículos para táxi, que permitiu o licenciamento que a empresa já buscava há algum tempo, mas que muitas dificuldades impediam.

Em 2001 a Shanghai Automotive Industry Corporation (SAIC) passou a ter participação, o que facilitou bastante a divulgação e crescimento da marca, com distribuição para toda a China a partir dessa ocasião.

Mais ou menos nessa mesma época a empresa Daewoo – fabricante de veículos – entrou em falência, e muitos de seus funcionários migraram para a Chery, levando sua experiência e também alguns projetos de carros, os modelos Chery QQ e Chery Oriental Son, que são exatamente iguais aos modelos Daewoo Matiz e Daewoo Magnus.

Em pouco tempo a empresa já possuía 15 fábricas e mais de 22 mil funcionários. Isso lhe rendeu muita fama entre os chineses, e apenas 10 anos mais tarde, em 2008, a Chery já ocupava a 16ª posição em vendas no país.

Caoa Chery Tiggo 5x
Caoa Chery Tiggo 5x

Chegada da Chery no Brasil

A chegada da Chery no Brasil aconteceu em 2009, com uma sede administrativa localizada em Salto, no interior de São Paulo, numa propriedade com mais de 100 mil metros quadrados. Além dos escritórios, o local servia como showroom para a marca apresentar seus modelos.

Nesse primeiro momento a Chery tinha trazido apenas os modelos Tiggo 2.0, Face, Cielo (hatch e sedã), Celer e QQ. O modelo que mais obteve sucesso em terras brasileiras foi o QQ, devido ao seu preço muito abaixo do praticado no mercado.

Assim a empresa permaneceu no país até 2014, quando construiu sua primeira fábrica fora da China, na cidade de Jacareí, também no interior de São Paulo. A unidade começou a operar com uma capacidade de 50 mil unidades por ano, mas a planta suportava até 150 mil unidades.

Os primeiros modelos produzidos no Brasil pela montadora chinesa foram os Chery Celer (correspondente ao Fullwin 2 na China) e o Novo QQ, nos anos de 2014 e 2016 respectivamente. Mas em 2017 a empresa teve 50,7% de suas ações compradas pela Caoa.

Entrada da Caoa no jogo

O Grupo Caoa surgiu da compra frustrada de um Ford Landau em 1979, pelo paraibano Carlos Alberto de Oliveira Andrada – cujas iniciais constituem a sigla do grupo – pois a concessionária fechou as portas sem condições de entregar o veículo. Assim, Carlos ficou com a loja para si e recomeçou o negócio.

Em apenas 6 anos a Caoa da época já era a maior revendedora de veículos Ford da América Latina. Os negócios continuaram crescendo, em 1998 a marca passou a representar a Subaru e em 1999 recebeu a representação da Hyundai.

Com o investimento de 1,2 bilhões, o grupo inaugurou sua primeira fábrica no Distrito Agroindustrial de Anápolis, onde começaram a ser fabricados os modelos Tucson, HD e HD78, e pouco depois o ix35.

Em 2017 o Grupo Caoa deu um importante passo no seu crescimento, que foi a aquisição de mais da metade das ações da Chery no Brasil, tornando o grupo majoritário na tomada de decisões. A partir de então, passou a ser responsável pela fabricação e distribuição dos modelos da marca no país.

Modelos comercializados atualmente no Brasil

Atualmente, a marca Caoa Chery comercializa no Brasil os modelos:

  • CAOA Chery Tiggo 2
  • CAOA Chery Arrizo 5
  • CAOA Chery Tiggo 5x
  • CAOA Chery Tiggo 7
  • CAOA Chery Tiggo 8
  • CAOA Chery Arrizo 6 (importado da China)

Os modelos com os quais a marca chegou ao país foram descontinuados. A marca promete lançar ainda em 2021 o modelo CAOA Chery Exceed TX, construído com motorização híbrida, um motor 1.5 turbo de 147 cv e um elétrico com 114 cv de potência.

Caoa Chery Exeed TX
Caoa Chery Exeed TX

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?