Fatos sobre o Jeep Compass que você talvez ainda não saiba

Sonho de consumo de muita gente, no Brasil o Jeep Compass é um dos utilitários-esportivos que mais se destacam, sua ficha técnica agrada em comparação ao seu preço.

Carros
1 ano atrás
Fatos sobre o Jeep Compass que você talvez ainda não saiba

Fatos sobre o Jeep Compass

Modelo do segmento médio, o qual vem dominando desde novembro de 2016, o Compass está quebrando paradigmas do mercado nacional de utilitários-esportivos. Este segmento é disputado principalmente por veículos compactos como o Jeep Renegade, que já havia reinventado a categoria de SUVs pequenos em 2015.

  • 1) Pode ser equipado com sistemas de condução semiautônoma, como ACC, FCWp, LDW e Park Assist;
  • 2) É o único do segmento com opção de motor a diesel, câmbio automático de nove marchas e tração 4×4 com reduzida e Selec-Terrain;
  • 3) O Brasil foi o primeiro país a fabricar e vender o modelo. Atualmente, é produzido também no México, China e Índia, para mais de 100 países;
  • 4) Terceiro modelo produzido no Polo Automotivo Jeep em apenas 18 meses de operação;
  • 5) Já ganhou três prêmios da imprensa especializada em menos de um ano;
  • 6) Mais de 45 mil unidades emplacadas desde o lançamento, há exatos doze meses;
  • 7) De todos os SUVs médios vendidos no Brasil, o Compass representa mais da metade;
  • 8) Ajudou a Jeep a crescer 57% em vendas neste ano, alta recorde entre as 10 maiores marcas;
  • 9) Antes de fazer aniversário, o modelo brasileiro já começou a ser exportado para Argentina e irá para outros mercados latinoamericanos;
  • 10) O Brasil também foi o mercado pioneiro a lançar a série especial Night Eagle, com design exclusivo.

Night Eagle

Da mesma forma que o SUV compacto da Jeep, o Compass recebeu um tratamento estético que deixou o visual mais agressivo, graças ao acabamento preto nas peças externas que são prateadas ou cromadas na configuração Longitude, o ponto de partida para a transformação. Assim como o Brasil foi o primeiro mercado no mundo a lançar o novo Compass, o país é também o pioneiro em ter o modelo com esse visual “all-black”.

Jeep Compass Night Eagle
Jeep Compass Night Eagle

Disponível com o motor 2.0 Tigershark Flex de 166 cv ou com o 2.0 Multijet Turbodiesel de 170 cv, o Jeep Compass Night Eagle se destaca pela pintura em preto brilhante nas rodas de 18 polegadas, grade dianteira, friso superior (que contorna todas as janelas, molduras dos faróis de neblina e todos os emblemas. Por dentro, o mesmo tom foi aplicado nas molduras do console central e das saídas de ar. Seguindo o tema “blecaute”, a carroceria só tem uma cor disponível, a preta, nas opções Shadow (sólida) e Carbon (metálica).

A extensa lista de equipamentos de série é baseada na da versão Longitude com o acréscimo dos seguintes itens: conjunto de áudio premium Beats (com 9 alto-falantes e subwoofer), faróis de xenônio, acendimento automático dos faróis, sensor de chuva e espelho retrovisor eletrocrômico. Demais destaques são: bancos de couro, controle de estabilidade (ESC), ar-condicionado eletrônico de duas zonas com saída para os passageiros de trás e a central multimídia Uconnect de 8,4 polegadas compatível com Android Auto e Apple Car Play, entre outros.

Veículo nacional tecnológico

O Compass pode ser equipado com recursos de condução autônoma, como controle de velocidade adaptativo (ACC), alerta de colisão com frenagem automática (FCWp), monitoramento de mudança de faixa (Lane Sense), detectores de ponto cego (BSM) e Park Assist.

Jeep Compass Limited Diesel
Jeep Compass Limited Diesel

Há exatamente um ano, o Jeep Compass acelerava forte para assumir, pela primeira vez, a liderança geral de vendas mensais de SUVs no Brasil. Façanha de respeito para um utilitário-esportivo médio em um mercado dominado por modelos compactos, como o também muito bem sucedido Jeep Renegade. E o feito vem se repetindo desde então, com exceção de um mês. Por isso, nos últimos doze meses o Compass acumulou 58.188 emplacamentos, 10 mil a mais do que o segundo colocado.

O sucesso do campeão de vendas da marca que inventou o universo 4×4 é inegável e pode ser confirmado de vários pontos de vista. Levando em consideração apenas este ano, o crescimento nas vendas do Compass foi de 30% em relação ao mesmo período de 2017 (janeiro a agosto). Mais que o dobro da alta do setor de automóveis – 13,4%.

E o mix de vendas do Compass revela dados interessantes. Apesar de a versão de entrada Sport ter excelente custo-benefício, configurações ainda mais bem equipadas e sofisticadas são as preferidas dos compradores. Em primeiro está a versão Longitude Flex, com 40% do total, seguida por Longitude Diesel (20%), Limited Flex (15%), Sport (10%), Limited Diesel (8%) e Trailhawk (7%).

Dividindo por motores, o 2.0 Tigershark Flex representa 65% dos emplacamentos, deixando significativos 35% para o 2.0 MultiJet II Turbo Diesel, cujo exclusivo powertrain é completado pelo câmbio automático de nove marchas e a tração 4×4 Jeep Active Drive Low, com reduzida e o controle Selec-Terrain.

O Jeep Compass foi apresentado ao mundo quase dois anos atrás, no final de setembro de 2016, em Pernambuco, perto de seu berço, o Polo Automotivo Jeep, em Goiana (PE). Suas vendas começaram um mês depois e de lá pra cá, mais de 95 mil unidades já foram registradas no Brasil.

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?