Lamborghini Countach ganhará nova geração híbrida de 800 cv

Já se passaram mais de 50 anos do lançamento da Lamborghini Countach, um dos carros mais icônicos da história automobilística. Mas o modelo, longe de ficar só nas páginas de história, está prestes a receber uma nova geração que contará com motorização híbrida, capaz de gerar 800 cv de potência.

Carros
Publicado em 11/08/2021 por Alan Corrêa
Lamborghini Countach ganhará nova geração híbrida de 800 cv

“Nós fazemos sonhos se tornarem realidade. Fizemos com o Countach clássico nos anos 70. E estamos fazendo novamente. O novo Lamborghini Countach está a caminho.” Foi dessa maneira que a fabricante italiana anunciou o retorno do seu grande ícone.

Um superesportivo, supermoderno

O Lamborghini Countach é um dos carros esportivos mais lendário da história automobilística a nível mundial. Foi ele o responsável por adotar o conceito de superesportivo com motor central-traseiro, instalado no sentido longitudinal, conceito que permanece vigente na marca até nossos dias.

Pois bem, o Lamborghini Countach não ficou no passado. Para comemorar os 50 anos de sua apresentação oficial – lembrando que o lançamento ocorreu só três anos depois, em 1974 – a fabricante italiana anunciou em suas redes sociais oficiais que fará uma versão sob os moldes da mais pura tecnologia conhecida no século 21.

Lamborghini Countach
Lamborghini Countach (imagem: divulgação)

O que se sabe?

Na verdade, quase nada ainda se sabe sobre essa nova versão do superesportivo, mas algumas imagens vazadas ajudam a decifrar algumas características. A primeira delas é o nome do modelo, que será Lamborghini Countach LPI 800-4.

Isso já diz muito sobre o modelo. As letras “LP” significam “Longitudinal Posterior”, referindo-se à posição do motor, já tradicional da marca. Já a letra “I” indica a composição híbrida do motor (em italiano “ibrido”). Já os números 800-4 sugerem sua potência a tração nas quatro rodas.

Motor já definido?

Ao que tudo indica seu motor também já está definido, e trata-se do V12 6.5 aspirado, que já existe e está preparado para proporcionar os 800 cv de potência que o nome dessa versão do modelo sugere. Com isso, ele teria 30 cv a mais do que o Aventador SVJ, e sua produção estaria limitada a apenas 112 unidades.

Lamborghini Countach (imagem: divulgação)
Lamborghini Countach (imagem: divulgação)

Uma nova e exclusiva tecnologia da Lamborghini: o supercapacitor

Embora nada ainda esteja oficializado, algumas fontes sugerem que o Lamborghini Countach LPI 800-4 possa receber o supercapacitor do Sián, uma tecnologia que substitui as baterias convencionais e armazena a energia gerada pelo motor elétrico.

Mas ao contrário do que acontece com a bateria de íon de lítio, o supercapacitor não vincula a energia a uma reação química, mas armazena a energia em estado estático. Isso significa que pode ser recarregado quase instantaneamente, e ainda pode conter mais energia do que as baterias.

O supercapacitor tem uma vida útil mais longa do que a das baterias de íon de lítio, e suportam temperaturas mais elevadas, o que “confundiria” os elementos químicos das baterias convencionais. A desvantagem é que eles perdem energia mais rápido e são consideravelmente mais caros do que estas.

Lamborghini Countach Edição Comemorativa de 1988 (imagem: divulgação)
Lamborghini Countach Edição Comemorativa de 1988 (imagem: divulgação)

Um pouco de história

A Lamborghini Countach nasceu oficialmente em 1971, e foi desenhada pelo designer de automóveis Marcello Gantini. Só começou a circular e ser comercializada, entretanto, em 1974. E assim permaneceu até início da década de 1990. Foram fabricadas mais de 2.000 unidades nesse período. Nessa época ela foi substituída pela Lamborghini Diablo, outro grande ícone da história automobilística.

Em 1988, um pouco antes de ser substituída pela Diablo, a Countach ganhou uma versão comemorativa pelos seus 25 anos. Essa versão teve a colaboração de Horacio Pagani, fundador da Pagani. Foi o seu último grande marco nesse período.

Sua primeira versão já demonstrava ao que tinha vindo. Com um motor V12 4.0 aspirado e câmbio manual de 5 velocidades, era capaz de proporcionar até 375 cv de potência, o que era muito para a época.

A edição exclusiva Quattrovalvole, porém, contava com um motor ainda mais potente, graças às quatro válvulas por cilindro, entregando impressionantes 455 cv de potência. Mas isso tudo ficou no passado, a nova geração que está prestes a conhecer a luz vai ter praticamente o dobro de potência e com motor elétrico acoplado. Genial!

Lamborghini Countach Edição Comemorativa de 1988 (imagem: divulgação)
Lamborghini Countach Edição Comemorativa de 1988 (imagem: divulgação)

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?