Por que a gasolina está tão cara?

De uns tempos pra cá, pode-se perceber um aumento significativo nos preços da gasolina, isso acontece desde o ano passado, onde impacta negativamente no bolso de todos os Brasileiros, mas esse aumento precisa ter um significado do porquê isso acontece, e é isso que iremos entender nessa matéria.

Novidades
2 meses atrás
Por que a gasolina está tão cara?

Com a crise alguns preços acabaram caindo um pouco, por conta da diminuição de giro da economia de todos os brasileiros. Com a retomada das atividades, vendas, e abertura de estabelecimentos, os preços começaram a aumentar novamente.

Vamos entende como é calculado o preço da gasolina, e como isso impacta no bolso dos consumidores, afinal, é preciso ter uma explicação lógica para quaisquer mudanças no valor de produtos e serviços oferecidos a população.

Como é calculado o preço da gasolina?

A primeira pergunta que as pessoas se fazem, mesmo que não admitam, é se a conta dos 70% realmente funciona. Uma resposta simplória, mas acertada, é “sim”, a conta realmente funciona. Mas vamos entender um pouco melhor essa questão do preço dos combustíveis (foto: Marcos Santos/USP Imagens)
A primeira pergunta que as pessoas se fazem, mesmo que não admitam, é se a conta dos 70% realmente funciona. Uma resposta simplória, mas acertada, é “sim”, a conta realmente funciona. Mas vamos entender um pouco melhor essa questão do preço dos combustíveis (foto: Marcos Santos/USP Imagens)

Geralmente a formação de preço desses compostos se dá por uma séria de categorias, no caso da gasolina, são dois aspectos a serem levados em consideração, já que a mesma apresenta em sua composição pelo menos 27% de álcool anidro.

Podemos considerar que o preço é como se fosse um bolo, e ele é composto por suas fatias que sãos os aspectos que irão determinar aquele valor, pode-se dizer que a maior delas que impacta no preço da gasolina, é por taxas de imposto.

A gasolina tem, 29% de realização da Petrobras; 15% do CIDE, PIS/PASEP, juntamente com COFINS; 29% de ICMS; 15% vindo da produção do etanol anidro e o restante é correspondido a revenda e todo o processo de distribuição, sendo equivalente a 12%.

Então observe que no composto da gasolina, a maior parte do valor formado está nos impostos e tributos, que juntos, correspondem a cerca de 44%, quase metade do valor total.

E como é calculado o preço do Diesel?

Em toda nossa vida de motoristas nos deparamos com diversos tipos de combustível para os veículos: Gasolina, Álcool, Diesel, Eletricidade entre outros.
Em toda nossa vida de motoristas nos deparamos com diversos tipos de combustível para os veículos: Gasolina, Álcool, Diesel, Eletricidade entre outros.

O Diesel também tem os seus próprios cálculos, e diferente da gasolina, a maior porcentagem não consiste em taxas de impostos e tributos, mas sim nas ações e produções da própria Petrobras. Vamos conferir direitinho as porcentagens.

Como dito acima, a maior parte que compõe esse valor são em quesitos das realizações e trabalhos da própria Petrobras, correspondendo a cerca de 49%. Em seguida, 14% corresponde ao valor do biodiesel e os outros 14% a o ICMS, dando o espaço de apenas 9% ser de taxas CIDE, COFINS e PIS/PASEP, e toda a parte de distribuição, e revendas se dá por uma porcentagem de 16%.

Mas qual a diferença de gasolina e Diesel?

Abastecimento de combustível (foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil)
Abastecimento de combustível (foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil)

Muitas pessoas ficam pensando não apenas nas diferença de gasolina e diesel, mas também de álcool e etanol, e na verdade, o que realmente tem maior parte de diferente é em questões de origem e as suas utilidades.

Basicamente, o álcool e o etanol possuem suas origens baseadas em vegetais, como a cana de açúcar, o milho entre outros demais, por exemplo. Já a gasolina e o Diesel vieram de um fóssil, que é o petróleo, por isso alguns preços também podem variar quando se fala de alguma mudança nesse ramo.

Tanto o etanol quanto a gasolina, servem para abastecer veículos mais leves, esportivos como carros e motos, e o Diesel, seve pra abastecer os mais pesados, como caminhões, ônibus e tratores, que precisam de um melhor fluido que aguente a pressão dos motores.

Conclusões

Se o seu veículo tiver um motor flex, cabe a você escolher qual melhor combustível para se abastecer, pois conhecendo o consumo de seu veículo conseguirá saber se vale mais a pena o etanol mais em conta, porém menos rentável ou a gasolina mais cara porém mais duradoura (Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil)
Se o seu veículo tiver um motor flex, cabe a você escolher qual melhor combustível para se abastecer, pois conhecendo o consumo de seu veículo conseguirá saber se vale mais a pena o etanol mais em conta, porém menos rentável ou a gasolina mais cara porém mais duradoura (Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil)

Então, pode se perceber que o aumento do preço de cada um desses combustíveis são reflexos da origem dos mesmos, então se o petróleo e a forma como ele é recolhido, todos os custos que envolvem esse processo são levados em consideração e podem impactar na hora da distribuição e toda a revenda.

As principais diferenças entre os combustíveis são as utilidades e origens de cada um, que também podem ter os preços variados de acordo com todos os custos e etapas do processo que eles precisam passar para estarem prontos para os consumidores.

Então alguns processos que demandam uso de tecnologia, de máquinas, ferramentas, entre outros, podem acabar apresentando um valor maior. Outro fator que também traz um grande impacto é o valor dos impostos e tributos.

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?