Primeiro Jeep civil, CJ-2A completa 75 anos

Nesse ano de 2020, a marca americana Jeep comemora os 75 anos do lançamento do CJ-2A, também conhecido como o primeiro veículo da marca a ser destinado para a população civil.

História
5 meses atrás
Primeiro Jeep civil, CJ-2A completa 75 anos

Contando com itens que até hoje existem no DNA dos veículos da marca como a grade frontal de sete fendas, o CJ-2A é de longe um dos veículos mais importantes da história de toda a Jeep, tanto que seus sucessores permanecem em linha até os dias atuais.

História do CJ-2A

Foi no dia 17 de Julho de 1945 que o Jeep CJ-2A nasceu. Embora tenha tido uma curta vida (sua fabricação durou mais 4 anos), foi o divisor de águas para que a Jeep pudesse entrar no mercado de carros para cidadãos comuns, por isso da sigla CJ, que é a abreviatura de Civilian Jeep (Jeep Civil).

Ao todo foram fabricadas cerca de 215 mil unidades do CJ-2A nesses 4 anos. O modelo civil da Jeep se assemelhava muito ao Jeep pioneiro, o Willys MB, se diferenciando pelo estilo de traseira com o estepe ao lado, a grade frontal que deixou de ter nove fendas para ter sete, tampa de combustível externa e a nova transmissão.

Outro grande diferencial do CJ para o Willys era que o Jeep mais antigo era justamente direcionado mais para trabalhadores rurais, enquanto o modelo para cidade possuía outras opções para lhe tornar um veículo mais urbano como a opção de assentos adicionais (do lado do motorista e atrás), espelho retrovisor central, capota de lona, ​​guincho, elevador hidráulico traseiro, cortador de grama, limpadores de para-brisa duplos a vácuo, lanternas traseiras duplas, aquecedor, degraus laterais e protetor da escova do radiador.

Jeep CJ-2A
Jeep CJ-2A

Jeep CJ-5 1955
Jeep CJ-5 1955

Jeep CJ-6 1959
Jeep CJ-6 1959

Jeep CJ-5 1973
Jeep CJ-5 1973

Jeep CJ-7 Golden Eagle 1979
Jeep CJ-7 Golden Eagle 1979

Jeep CJ-5 Renegade 1980
Jeep CJ-5 Renegade 1980

Jeep CJ-8 Scrambler 1982
Jeep CJ-8 Scrambler 1982

A continuação

De 1949 em diante, a linha CJ da Jeep começou a se desenvolver de geração em geração para sempre estar mais atualizada, porém sem perder sua essência.

A linha CJ-3 teve as versões A e B, sendo o primeiro lançado em 1949 e o segundo em 1954, que inclusive teve sua produção em São Bernardo do Campo (SP) Willys-Overland do Brasil. A última versão dessa geração permaneceu em produção até meados de 1968.

Paralelamente, o CJ-5 foi lançado em 1955 com maiores dimensões do que o CJ-3. A venda da Willys para a Kaiser Company também ajudou no desenvolvimento do veículo, fazendo com que nos 16 anos em que a empresa controlou a Jeep houvessem grandes melhoras no quesito de carroceria e motorização, além de ter adotado o estilo off-road com convicção.

Em 1970, a Kaiser Jeep foi vendida para a American Motors Corporation (AMC), que fez com que a produção do veículo mais que triplicasse, indo para cerca de 600 carros produzidos diariamente. A aquisição também fez com que os modelos CJ-5 e CJ-6 pudessem vir com os novos motores V8 da AMC e eixos mais robustos.

Linha CJ atualmente

E ainda nos dias atuais a linhagem de veículos CJ da Jeep ainda está presente entre nós! O Jeep CJ-7 em 1986 foi substituído por um veículo que continuava com os mesmos atributos, porém mais moderno: O Jeep Wrangler, cuja produção existe até os dias atuais.

E se pudermos imaginar um herdeiro mais atual ainda do CJ-8, podemos citar a picape Jeep Gladiator.

Por mais que os anos passem, mais de 70 anos depois, os resquícios do CJ-2A permanecem nos veículos da Jeep, seja ele mais simples como o Renegade ou mais rústico como o próprio Wrangler, mas sendo sempre importante ressaltar que a Jeep nunca esqueceu suas raízes.

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?