Quais as diferenças entre Drift e Powerslide?

Manobras radicais em curvas acentuadas não pertencem apenas ao mundo de Hollywood. Muita gente por aí pratica tais movimentos com seus carros. Normalmente, essas “acrobacias” são chamadas simploriamente de Drift.

Dicas
2 meses atrás
Quais as diferenças entre Drift e Powerslide?

Contudo, no mundo “nerd” das manobras radicais, cada detalhe faz a diferença. Assim, nem tudo pode ser chamado de Drift. Uma manobra muito parecida recebe o nome de Powerslide. Qual a diferença entre as duas?

O que é o Powerslide?

Embora as duas manobras sejam muito parecidas, o Powerslide é essencialmente diferente do Drift. A característica principal do Powerslide é entrar de frente numa curva, com velocidade significativa, próximo do ponto onde o carro perde a aderência e, com uma pequena guinada no volante, provocando a derrapagem da traseira já dentro da curva.

Logo em seguida a esse movimento, o piloto realiza uma aceleração brusca, controlando o raio do Powerslide com o volante e o acelerador. Para essa manobra ser bem feita, é preciso uma certa delicadeza, para que o “momentum” da derrapagem dure pelo tempo certo.

Assim, no Powerslide, o piloto deve manter a linha normal da curva, colocando o veículo apenas um pouco mais para fora, uma vez que a manobra acontece entre o ponto de entrada e de saída da curva.

Principais diferenças entre Drift e Powerslide
Principais diferenças entre Drift e Powerslide

O que é o Drift?

O Drift, por sua vez, já constitui uma manobra muito mais elaborada e difícil, com várias etapas, dentre as quais está o Powerslide. A primeira grande diferença das duas manobras é que no Drift o piloto já entra com o carro de lado na curva. Mas o piloto usa o Powerslide para manter o “momentum” da derrapagem dentro da curva.

Dessa forma, o piloto precisa eliminar a aderência dos pneus traseiros ainda na reta, antes de entrar na curva, e para isso se utiliza do freio de mão (que deve ser preferencialmente hidráulico). Outra forma é utilizar a técnica Scandinavian Flick – técnica muito usada no mundo do rally – para tirar essa aderência dos pneus traseiros.

Traçado do Drift e Powerslide
Traçado do Drift e Powerslide

Qual a velocidade certa para realizar essas manobras?

Em qualquer uma dessas manobras o piloto precisa manter determinada velocidade para começar, manter e terminar a derrapagem. No caso do Powerslide isso acontece por um tempo menor e já dentro da curva. No caso do Drift esse cálculo é bem mais complicado, pois o veículo já entra de lado na curva, faz a curva enquanto derrapa, e sai da curva acertando a direção.

Não tem como dizer qual é a velocidade exata de cada manobra, vai depender do ângulo da curva, do tipo de terreno, das condições climáticas e do veículo que está sendo utilizado, entre outros fatores. Mas a velocidade será maior no Powerslide e mais controlada no Drift.

Velocidade certa para Drift e Powerslide
Velocidade certa para Drift e Powerslide

Traçado da curva em cada manobra

Outra grande diferença em cada uma dessas manobras é o traçado da curva. Enquanto o Powerslide utiliza praticamente o traçado “certo” ou “normal” da curva, aplicando a manobra apenas entre o ponto de entrada e saída, no Drift esse traçado precisa ser mais aberto, aumentando o raio da linha da curva. Uma vez de lado dentro da curva, o piloto pode usar e abusar do Powerslide, mantendo o “momentum” da manobra pelo tempo que quiser ou que a curva permitir.

Carro comum ou carro preparado

Teoricamente, para pilotos profissionais, essas manobras podem até ser realizadas com qualquer carro, especialmente o Powerslide. Contudo, para que a manobra seja feita de maneira mais segura e mais radical, é ideal que o veículo seja preparado para isso.

Suspensões modificadas, diferencial com bloqueio e reforços no chassi, são elementos básicos para a realização correta e segura do Drift. Lembrando que o uso do freio de mão é indispensável para essa manobra, e o ideal é que ele seja hidráulico. E o uso dessa ferramenta desvirtua o Powerslide, cuja realização é feita sem o uso do freio de mão.

Carro preparado para Drift e Powerslide
Carro preparado para Drift e Powerslide

Conclusão

A conclusão é que o Powerslide está incluído, de certa forma, na manobra do Drift, que é bem mais complexa, tanto na teoria quanto na prática. Portanto, quando alguém vier dizendo que fez um Drift, muito provavelmente ele terá feito apenas um Powerslide.

Cabe a você decidir se conta pra ele ou não…

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?