Você prefere levar seu carro numa oficina particular ou na concessionária?

O que você prefere, levar seu carro numa oficina particular ou na concessionária? Se a resposta para essa pergunta é “oficina particular”, você concorda com a opinião de mais de 70% dos brasileiros.

Dicas
4 semanas atrás
Você prefere levar seu carro numa oficina particular ou na concessionária?

Mas qual será o motivo dessa escolha? Levando em consideração que a concessionária é a autorizada da montadora, deveria ser especializada no serviço. Então, por que a preferência pela oficina particular?

Um mecânico de confiança

Muitas pessoas entendem que ter um mecânico de confiança vale mais do que levar o carro numa concessionária, mesmo que este última seja a “autorizada” da marca, especialista no modelo em questão, e trabalhe com 100% de transparência.

Na concessionária, em geral, os profissionais não têm uma relação com o cliente, mas apenas com o patrão, ou seja, quem paga o seu salário. Isso pode levar o funcionário a não se dedicar tanto ao serviço, visto que não depende de “cativar” o cliente.

Já na oficina mecânica, a situação é bem diferente. O mecânico depende 100% dos seus clientes, já que é deles que tira seu sustento. Sendo assim, fará de tudo para conquistá-lo, de modo que sempre volte, e se possível ainda indique os amigos.

Valores também influenciam na balança

Além do motivo exposto acima, temos também a questão dos valores praticados pela concessionária e pela oficina particular. A diferença é muito grande na maior parte das vezes, e os motivos são os mais variados.

Para começar, a margem de lucro com a qual a concessionária precisa trabalhar é bem maior, visto que seus custos são muito maiores. Para provar isso basta pensar nos funcionários e todos os custos que ele traz consigo (INSS, vale transporte, vale refeição, impostos, etc.).

Esses custos a oficina em geral não tem, pelo menos não de forma tão esmagadora quanto a concessionária. Em geral, o mecânico trabalha por conta, ou de maneira informal, e mesmo se tem “ajudantes” os seus custos são bem menores. Sendo assim, consegue trabalhar com uma margem de lucro menor.

Além disso, existe também a questão das peças. Na concessionária só se trabalha com peças originais, enquanto que na oficina particular existem peças chamadas “paralelas”, que podem ser de primeira ou segunda linha. Seria como o remédio genérico que encontramos na farmácia. Na maior parte das vezes elas funcionam, e são bem mais baratas.

Na garantia, o que fazer?

Uma questão que muita gente se coloca é sobre a garantia. A maior parte dos proprietários que preferem a oficina particular leva o carro na concessionária apenas pela manutenção da garantia – e fazem bem – mas não levariam se não perdessem levando no mecânico particular.

Para eles, infelizmente, a concessionária adota essa técnica para manter o cliente. De fato, têm certa razão em fazer isso. Em primeiro lugar porque só podem trabalhar com peças originais, e se o mecânico particular colocar peças distintas, a concessionária não pode garantir a qualidade, já que não procede de seu fabricante.

Qualidade do serviço

Quanto à qualidade do serviço, muita gente ainda opina que a concessionária é de mais confiança, justamente por não poderem trabalhar com peças paralelas, mas apenas originais. Contudo, para a maior parte das pessoas o serviço em si – a mão de obra – é melhor na oficina particular, justamente porque é isso que cativa o cliente.

As revisões são importantes?

De modo geral, a resposta é: sim! Quase a totalidade das pessoas, na hora de comprar um seminovo, quer saber se todas as revisões foram feitas na concessionária. Isso garante – até certo ponto – que o veículo está em boas condições.

Além disso, alguns problemas que o veículo possa apresentar estão cobertos pela garantia, e você não pagará nada pela manutenção que precisa ser feita, especialmente se for um problema de fabricação e não de mau uso.

O que achamos?

Na nossa experiência particular, levar o carro na concessionária representa um grande transtorno do ponto de vista prático. Primeiro é preciso agendar com antecedência, depois o carro fica lá muito mais tempo do que se fosse numa oficina particular, por fim, o valor é muito mais alto e o serviço costuma não ser dos melhores.

Mesmo assim, tendo em vista a garantia do carro, achamos que enquanto esta durar, vale a pena fazer esse esforço. Os benefícios poderão se fazer sentir muito tempo depois, mas vai valer a pena.

Se a garantia já terminou, não vemos muito sentido em continuar levando na concessionária. Se a questão é que as peças sejam originais, peça ao seu mecânico particular que apresente o comprovante das peças, ou compre-as você mesmo.

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?