10 anos de Camaro no Brasil

Em novembro de 2020 o Camaro completou 10 anos de sua chegada ao Brasil. Com número impressionante de 6,5 mil unidades, o modelo tem mais do dobro de vendas em relação ao segundo colocado na mesma categoria.

Carros
10 meses atrás
10 anos de Camaro no Brasil

Recentemente, a Chevrolet trouxe a nova geração do Camaro, com novidades no design e na conectividade. Mais da metade desse lote foi comercializada logo na estreia.

Um nome que virou símbolo: Camaro

Uma das características do sucesso é quando o nome se transforma num símbolo. Foi o que aconteceu com o Camaro, carro icônico que deixou sua marca impressa pra sempre no coração dos brasileiros.

Não é à toa que o modelo foi tão amplamente comercializado, tradando-se de um carro superesportivo, cujo valor alto pode inibir as vendas. Contudo, o que se vê é exatamente o contrário, o Camaro tem 6,5 mil unidades vendidas, mais que o dobro do segundo colocado no segmento.

Camaro SS (foto: reprodução)
Camaro SS (foto: reprodução)

Evolução de uma lenda

O Camaro nasceu como um carro mais acessível, mas sempre foi muito desejado pelos amantes de carro. Hoje, ele é um item mais exclusivo, com tecnologia e motorização do padrão dos superesportivos de altíssima qualidade. Mas uma coisa não mudou: ele continua sendo um carro muito desejado.

Camaro Z28 (foto: reprodução
Camaro Z28 (foto: reprodução)

Meia frota esgotada

O melhor indicador de que o modelo é intensamente desejado é que mais da metade do lote de 90 unidades foi arrematada logo na estreia. Isso se deve também às atualizações pelas quais o modelo passou, especialmente no design da dianteira que o deixou ainda mais bonito, e a conectividade nível 4 que integra a nova geração.

Versão SS: alta esportividade

No Brasil o modelo é oferecido apenas na versão SS, cujo motor V8 6.2 é capaz de gerar 461 cv de potência e um torque máximo de 62,9 kgfm de torque. Acompanhando o motor está a transmissão de 10 marchas com função “launch control”, muito mais precisa e ajustada.

Outro destaque são os modos de condução, entre os quais se inclui um feito para autódromos e competições.

Esportivo e conversível

Um dos grandes diferenciais do Camaro é também a união entre esportividade de conforto, sendo o único “muscle car” com oferece a possibilidade de capota conversível. Essa versão corresponde a quase um quarto das vendas do modelo.

Camaro conversível (foto: reprodução
Camaro conversível (foto: reprodução)

Trajetória de sucesso

Nascido em 1966, o Camaro começou a ser vendido nos Estados Unidos com 8 opções de motor. Dois deles eram de 6 cilindros, as outras todas com o V8, que podiam partir de 3.8 litros até 7.0. As versões eram RS, SS e Z28. Logo no primeiro ano foram vendidas mais de 100 mil unidades.

Camaro primeira geração (foto: reprodução
Camaro primeira geração (foto: reprodução)

A segunda geração nasceu em 1970 e durou até 1981. Com visual ainda mais marcante, o modelo ficou maior e mais estiloso. Em 1974 e 1978 ela passaria por algumas alterações visuais.

Camaro segunda geração (foto: reprodução
Camaro segunda geração (foto: reprodução)

A partir de 1982, a terceira geração do Camaro surgiu completamente renovada, com linhas mais quadradas e futuristas. Foi aqui que nasceram os motores com injeção eletrônica de combustível.

Camaro terceira geração (foto: reprodução
Camaro terceira geração (foto: reprodução)

Em 1992 o modelo completava seus 25 anos de existência, e a Chevrolet não podia deixar passar batido. Lançou, então, a 25th Anniversary Heritage Edition, com detalhes exclusivos na aparência.

Camaro 25th Anniversary Heritage Edition (foto: reprodução
Camaro 25th Anniversary Heritage Edition (foto: reprodução)

Mas foi só mesmo em 1993 que nascia a quarta geração. Nesse momento o Camaro voltou às origens, adotando a filosofia da primeira geração: um cupê de 4 lugares, com motor dianteiro e tração traseira. Essa geração foi até 2002, quando alcançava o marco de 25 anos de produção contínua.

Camaro quarta geração (foto: reprodução)
Camaro quarta geração (foto: reprodução)

Depois de uma breve interrupção, em 2006, a Chevrolet apresentou no Salão de Dretoit um novo conceito de superesportivo, batizado de Camaro. O sucesso foi tão grande que dois anos mais tarde os primeiros modelos chegaram às ruas.

Chegada ao Brasil

O Camaro desembarcava no Brasil em 2010, justo no momento em que a marca resgatava o conceito de “muscle car” norte-americano do modelo, sendo a quinta geração fabricada.

Naquele momento, a mudança de conceito e de design foi tão espetacular que afez ganhar o prêmio de melhor design do mundo naquele ano, algo bem expressivo e decisivo para o futuro do modelo.

Quatro anos mais tarde chegava aqui uma geração mais atualizada, reestilizado e com nova mecânica. Também foi a estreia da versão conversível no Brasil. Foi nesse momento que a grade dianteira cresceu para facilitar a entrada de ar e a consequente refrigeração do V8 de 406 cv que levava sob o capô.

Camaro quinta geração (foto: reprodução)
Camaro quinta geração (foto: reprodução)

Em 2016, o modelo passou por uma reforma visual, ficando mais agressivo e imponente. Aqui o modelo também recebeu importantes atualizações na parte de segurança, conforto e performance, entre elas a transmissão de 10 marchas, o sistema de controle de largada e o aquecimento dos pneus traseiros.

Camaro sexta geração (foto: reprodução)
Camaro sexta geração (foto: reprodução)

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?