Toyota Mirai entrou para o Livro Guinness dos Recordes

O Toyota Mirai 2021 acabou de bater mais um recorde e atualizou o livro Guinness. Agora, o modelo é o veículo que percorreu a mais longa distância com uma única carga de hidrogênio.

Notícias
2 meses atrás
Toyota Mirai entrou para o Livro Guinness dos Recordes

No total o Mirai percorreu a distância de 1.360 km com apenas um tanque. O fato ocorreu no sul da Califórnia entre os dias 23 e 24 de agosto de 2021. O recorde anterior também era seu, que em maio tinha feito 1.003 km.

Um recorde que atualiza o Guinness

Superar uma marca é com certeza uma grande vitória para qualquer um, mesmo que a marca anterior – e talvez com maior razão – fosse sua. Esse feito foi conquistado pelo Toyota Mirai 2021.

O modelo já tinha desbancado o Hyundai Nexo, cujo recorde era de 778 km com uma única carga em 2019. Em maio deste ano o Mirai conseguiu a marca de 1.003 km, mas agora em agosto se superou e conseguiu fazer 1.360 km com um tanque.

Toyota Mirai (foto: divulgação)
Toyota Mirai (foto: divulgação)

Monitoramento do Livro Guinness dos Recordes

“A tentativa de recorde oficial foi monitorada de perto pelo Livro Guinness dos Recordes, aderindo às suas regras rígidas e procedimentos de documentação”, afirmou Michael Empric, juiz da entidade. “Em sua jornada focada na eficiência de 23 e 24 de agosto de 2021, o Mirai registrou impressionantes 64 km/l, com água como única emissão.”

Esse tipo de veículo utiliza o gás para gerar a energia que o impulsiona, movendo um motor elétrico. O motor a combustão de hidrogênio é um motor convencional, mas ao invés de queimar gasolina queima o hidrogênio. Entre suas vantagens é que a “recarga”, diferente da elétrica, acontece instantaneamente, como a gasolina.

Mérito do motorista

Mas se você está pensando que o mérito é exclusivamente do carro, está enganado. Para dirigir em eventos como esse são designados motoristas qualificados e treinados em técnicas que otimizam o consumo de combustível.

Para isso, é preciso considerar as condições climáticas, a direção específica. Esse conjunto de habilidades é chamado de “hipermilhagem”. Quem logrou esse feito histórico foram os pilotos hipermilheiros Wayne Guedes (principal) e Bob Winger (copiloto).

Toyota Mirai (foto: divulgação)
Toyota Mirai (foto: divulgação)

Como foi a viagem?

A viagem, relatou a própria fabricante japonesa, teve início no dia 23 de agosto no Toyota Technical Center, em Gardena, Califórnia (local de desenvolvimento das células de combustível da marca) e teve como destino o sul do Estado.

O veículo foi até San Ysidro e depois para Santa Bárbara, no norte, cruzando as praias de Santa Monica e Malibu ao longo da Rodovia Costeira do Pacífico, retornando ao Centro da Toyota pela noite. Nesse percurso registrou-se 763 km, e o piloto e copiloto trocaram de lugar duas vezes.

No dia seguinte, 24 de agosto, saíram rumo a San Diego, entre Los Angeles e Orange County, tendo percorrido mais 598 km. Foi só então que o hidrogênio acabou e o veículo parou.

Um feito que abre caminho

Em todo esse percurso, o veículo passou por 12 estações de recarga de hidrogênio, claro que sem reabastecer, mas se você um proprietário comum com seu veículo, teria a oportunidade de fazê-lo em diversos trechos.

O mais interessante é que o Mirai foi conduzido principalmente na hora do rush, e a temperatura ficou entre 18º e 28º. Um excelente feito que abre caminho para novos desenvolvimentos.

Toyota Mirai (foto: divulgação)
Toyota Mirai (foto: divulgação)

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?