Vale a pena comprar um carro antigo?

Se você desde pequeno sempre foi apaixonado por carros, sem dúvidas já teve algum modelo que você ficou desejando e imaginando que um dia teria um em sua garagem.

Novidades
2 meses atrás
Vale a pena comprar um carro antigo?
Omar.lolo / Wikimedia

O tempo passa, sua mentalidade muda, os carros mudam e tudo ao redor pode mudar, mas no fundo sempre haverá a vontade de ter aquele carro que você sonhou quando era mais novo. Muitas vezes este sonho pode ser desestimulado pelo fato do custo para manter um veículo antigo seja muito alto, mas em determinados casos o que a primeira vista é a realização de um sonho pode tanto se tornar uma compra interessantíssima como uma tremenda dor de cabeça.

Bom negócio?

É um tanto quanto difícil chegar a uma conclusão universal se a compra de um veículo usado é ou não um bom negócio. Uma série de fatores (tanto positivos quanto negativos) devem ser analisados para que o comprador não se arrependa futuramente desta aquisição que, na maioria das vezes, pode custar tão caro quanto um carro novo de alto valor.

Primeiramente deve analisar o quanto você deseja este veículo antigo. Para o ter em perfeito estado, será necessário desembolsar um bom tempo procurando peças (algumas até mesmo no exterior) e dinheiro para arcar não apenas com as peças, mas também com o transporte e instalação das mesmas.

Vale analisar qual o estado em que se encontra o veículo desejado. Verificar a quilometragem do carro, a procedência do mesmo, se possui pendências tanto mecânicas quanto no documento e também o quanto o dono cuidava do veículo são partes importantíssimas para que a decisão de comprar um veículo deste tipo não se transforme em um pesadelo.

Também é necessário ponderar que, dependendo do estado do veículo, pode ser necessário realizar a restauração do mesmo, e este processo além de demorado pode custar muito dinheiro.

Pode ser um investimento?

Se o tópico acima pode ter feito você desanimar sobre o sonho de possuir aquele carro clássico que você tanto sonhou, fique tranquilo! Em muitos casos, a aquisição de veículos como estes, pode gerar mais do que satisfação e a realização de um sonho, mas também pode ser tão rentável quanto ações!

Para saber o quanto pode ser rentável o carro, basta colocar na balança os seguintes aspectos: Quanto o veículo é desejado, qual o estado de conservação dele e o quanto foi gasto para manter o estado do mesmo.

Carros mais antigos e procurados como Dodge Charger ou Chevrolet Impala podem se valorizar em níveis altíssimos (até 35% por semestre). Mas estes são carros mais “fáceis” de serem achados, o contrário da Ferrari 250 GTO do empresário Jon Hunt, que o mesmo pagou 15,7 milhões de libras e quatro anos depois revendeu por 20,2 milhoões de libras, lucrando cerca de 4,5 milhões de euros (16 milhões de reais) nesta transação.

Mas também existem exemplos de carros genuinamente brasileiros que se tornaram exemplos de que a compra e restauração de veículos antigos pode ser um negócio rentável. Um exemplar da Kombi Samba de 1963 foi exportada para os EUA após ser vendida por 271 mil dólares (R$500 mil).

Afinal, vale a pena?

O veredito se vale a pena ou não adquirir um veículo antigo parte da sua disposição e de seu bolso.

Possuir um carro antigo é sinal de dor de cabeça, mecânica constante, gastos exorbitantes com combustível e com restaurações, mas tudo pode variar de carro para carro, fazendo com que o mesmo seja um excelente investimento mesmo com os altos gastos.

Agora se você não tem intenção de revender um carro antigo e tem em mente que será um processo caro, porém prazeroso, vá em frente e realize seu sonho! Afinal, com toda certeza seu carro se tornará a estrela onde estiver, podendo ser tanto em um estacionamento quanto na garagem de sua casa, você será notado independentemente do local.

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?