É vantagem ter um carro a Diesel?

Uma atitude não tão rara entre os brasileiros é tomar decisões com base em eventos momentâneos, passageiros. Com a recente greve dos caminhoneiros e a consequente falta de combustível, muitas pessoas estão se perguntando se compensa ter um carro a diesel, já que esse combustível tem uma procura menor. Além disso, com a redução do preço que ele sofreu, certamente será um ótimo negócio. Será mesmo?

Novidades
12 meses atrás
É vantagem ter um carro a Diesel?

Comprar carro a diesel para economizar no combustível é um mal negócio

Não é um bom negócio comprar um veículo com motor movido a diesel se o único objetivo for economizar no consumo de combustível. Isso porque os modelos com motor a diesel costumam ser muito mais caros que os mesmos modelos com motor flex ou a gasolina. Se colocar na ponta do lápis a diferença, o valor não fecha, ou seja, o veículo a diesel sai mais caro.

Problemas históricos e ecológicos do diesel

Na década de 70 Ministério da Indústria e Comércio (MIC), hoje extinto, promulgou uma portaria restringindo a fabricação de veículos movidos a diesel. Isso por que com a crise do petróleo na época o governo queria incentivar a utilização do etanol, muito mais barato e ecológico que o diesel.

Embora esse contexto já tenha sido transformado, mais de um vez, de lá pra cá, a restrição continua, agora sob a autoridade de argumentos ambientais. Então, para que um veículo possa ter motor a diesel precisa preencher alguns requisitos: capacidade de carga superior a 1 tonelada, tração 4×4 com caixa de transferência reduzida (para permitir que o veículo transponha obstáculos mais facilmente).

Preço muito alto dos modelos a diesel

Segundo dados colhidos em 2017 junto ao SINDIPEÇAS (Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores) e da ABIPEÇAS (Associação Brasileira da Indústria de Autopeças), o número de veículos movido a diesel representa menos de 10% da frota nacional.

Com um número tão baixo de veículos e uma a procura muito menor, os custos para sua fabricação e a manutenção, além de seguro e impostos, são mais elevados, podendo atingir a faixa dos 25% em relação aos mesmos modelos com motor flex. Essa diferença para ser coberta pela economia de combustível pode levar vários anos, ou seja, no momento de trocar de carro, isso se chegar a pagar a diferença.

Colocando na ponta do lápis

Se mesmo assim você não está convencido, vamos fazer uma conta simples para provar a nossa teoria.

Calcule o quanto gastaria em um ano utilizando apenas diesel no veículo pretendido;
Para isso, descubra quantos quilômetros o modelo faz por litro de diesel (informação disponível no site do Inmetro), em seguida multiplique pela distância que você percorre por dia, depois por mês e por ano;
Faça exatamente o mesmo cálculo com gasolina e etanol;
Com a diferença de gasto por ano em combustível e a diferença de valor entre um modelo a diesel e um flex, faça a conta de quantos anos precisaria para que a economia de combustível cubra a diferença venal do veículo;
Não estamos incluindo nessa conta outros gastos como manutenção e seguro, muito mais caros em veículos a diesel do que flex.

Vamos para um exemplo prático:

O Jeep Renegade na versão a gasolina custa R$ 84.402 e na versão a diesel custa R$ 111.956 (informações da montadora), ou seja, uma diferença aproximada de R$ 25.000 entre cada versão;
Com uma quilometragem média/mensal de 1.000km ele gasta 99 litros de gasolina e 93 de diesel (50% na estrada; 50% na cidade), segundo dados do Inmetro;
Com a gasolina numa média de R$ 4,20 e o diesel a R$ 3,25 (em São Paulo), o modelo gastaria por ano R$ 4.989,60 de gasolina, e R$ 3.627,00 de diesel. Ou seja, uma economia de R$ 1.362,60 por ano utilizando diesel;
Seriam necessários, no caso concreto, mais de 18 anos para cobrir a diferença do valor venal do veículo, isso sem contar a manutenção, seguro e impostos, muito mais caros no modelo a diesel.

É claro que esse cálculo varia de modelo para modelo, mas em todos os casos a diferença econômica vai ser desfavorável à versão com motor a diesel.

Se o objetivo é economizar, há outras opções, como o GNV (gás natural veicular) que é muito mais barato e ainda muito menos agressivo ao meio ambiente.

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?