Dicas para quem vai pegar a estrada

Nada melhor do que viajar, ao menos para grande parte das pessoas. Às vezes são meses de planejamento e preparação. Só que às vezes acontece de esquecermos detalhes importantes, como a verificação do veículo. Veja algumas dicas, especialmente para marinheiros de primeira viagem.

Novidades
7 meses atrás
Dicas para quem vai pegar a estrada

Pegando a estrada pela primeira vez

Quando a pessoa consegue a habilitação a primeira coisa que tem vontade de fazer é planejar uma viagem, pegar a estrada. Mas isso pode trazer grandes riscos. Na estrada as coisas acontecem muito rápido, se o motorista não tem os reflexos afiados pode não ter condições de reagir a uma situação imprevista.

Por isso, é melhor começar a praticar em lugares mais tranquilos até que consiga uma certa familiaridade com o veículo. O ideal é que os controles sejam cada vez mais uma reação do reflexo, que o motorista não precise mais “pensar” para trocar a marcha ou pisar no freio.

As principais dicas para os iniciantes na estrada

Depois dessas observações, vamos para algumas dicas práticas para pegar a estrada com o máximo de segurança:

  • A primeira dica é respeitar o que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina, como todos os passageiros utilizarem o cinto de segurança e respeitar a sinalização da via, especialmente o limite de velocidade.
  • Nunca pegue a estrada se estiver muito cansado ou com sono. Você pode ter a impressão de que está tudo bem, mas seus reflexos não estarão em estado de alerta para reagir quando for necessário. A maior causa de acidentes fatais em estradas se dá justamente porque o condutor dormiu ao volante.
  • A revisão do veículo é outro quesito primordial. Não empreenda uma viagem sem ter certeza que o carro está em condições para isso. Verifique a situação do óleo, as condições dos pneus – incluindo a correta calibragem e o estepe – e, de preferência, leve a um mecânico de sua confiança para um pente fino. Aqui devem entrar também parte elétrica (iluminação externa principalmente), itens de segurança, freios, suspensão, entre outros.
  • Baixe aplicativos no seu celular que ajude na hora de encarar a viagem, uma ferramenta indispensável é o GPS, um dos melhores é o Waze.
  • Mantenha uma distância segura em relação ao veículo da frente. Essa dica vale especialmente para quem está iniciando na condução em estrada. Como dissemos antes, as coisas acontecem muito rápido, e se não houver distância suficiente não será possível reagira tempo. Não dá pra saber o que pode acontecer com outros veículos que você não sabe em que condições se encontra. Proteja-se!
  • Tenha em sua companhia outra pessoa que saiba dirigir. Aqui também estamos falando especialmente para os novatos na estrada. Pode acontecer, nas primeiras vezes, de alguma situação deixar o condutor nervoso. Neste caso, seria excelente que outra pessoa mais experiente assumisse o volante.
  • Cuidado nas ultrapassagens. Quem tem experiência nas pistas sabe que esse é um ponto importante. Ultrapassar na estrada não é o mesmo que na cidade. As velocidades são muito maiores e os riscos também. Dirija um bom tempo até se acostumar antes de começar a fazer ultrapassagens. E sempre as faça pela esquerda de forma segura, nunca pela direita.
  • Esteja atento aos sinais de outros veículos. Isso também é importante, pois alguns sinais podem ser desconhecidos dos motoristas de primeira viagem. Por exemplo, se o carro de trás pisca duas vezes o farol alto significa que está pedindo passagem porque está numa velocidade superior. Se esse sinal, entretanto, vem de um veículo no sentido contrário, indica que pode haver algum problema no trecho à frente.
  • Tenha sempre em mãos o número da sua seguradora de veículos. Em caso de emergência você precisará entrar em contato com eles.

Uso do acostamento

O uso do acostamento é outro aspecto que algumas pessoas têm dúvida. Para que serve? Quando usar? Como usar?

O primeiro ponto é NUNCA utilizar o acostamento para trafegar. Além de ser um risco enorme à segurança dos passageiros do seu próprio carro, também é um risco para outras pessoas que possam estar circulando por ali e ainda eventualmente a possibilidade de causar um acidente carros que estejam parados. Além disso, constitui infração gravíssima com multa no valor de R$ 574,62.

O acostamento serve para parar o veículo quando ele apresente algum problema. Por exemplo, quando fura um pneu, esse espaço do acostamento serve para fazer a substituição com segurança. Mas é preciso colocar o triângulo de sinalização a uma distância segura e ligar o pisca-alerta. Ali também é possível aguardar que a seguradora envie o guincho.

Quando e como ultrapassar?

Ultrapassar parece algo bastante simples à primeira vista, e de fato até pode ser, desde que sejam tomadas algumas precauções.

Em primeiro lugar, nunca ultrapasse em locais proibidos, ou seja, respeite a sinalização quanto à ultrapassagem (faixa central tracejada pode ultrapassar; contínua não pode).

Sempre que for efetuar uma ultrapassagem acione a seta. Isso é importante para que o veículo a ser ultrapassado não mude de faixa, mas também para que os veículos que vêm atrás percebam sua intenção de mudar de faixa.

Outro ponto fundamental é ter uma boa visibilidade de todo o espaço necessário para realizar a ultrapassagem. Por isso, nunca ultrapasse em curvas que impeçam de ver a continuação da pista.

As curvas para a direita sempre tamparão a visão, pois lembramos que a ultrapassagem só pode ser feita pelo lado esquerdo. Mas mesmo em curvas para a esquerda às vezes o campo de visão é obstruído por algum objeto ou por se tratar de uma curva muito fechada. Espere uma ocasião mais propícia para realizar a ultrapassagem.

Realizar ultrapassagens perigosas é infração gravíssima e o condutor ainda pode ter a CNH suspensa. É claro que a fiscalização nesse caso é mais difícil, mas ela existe e pode recair sobre qualquer um…

Com chuva atenção redobrada

Dirigir em dia de chuva é complicado, e na estrada mais ainda. A visibilidade fica mais difícil por causa da maior velocidade do veículo e a quantidade de água pode criar o fenômeno da aquaplanagem.

Sendo possível evitar pegar estrada com chuva é melhor, mais seguro. Mas nem sempre é possível adiar. Então, reduza a velocidade nessas ocasiões e mantenha uma distância ainda maior do veículo à frente.

Também procure evitar as áreas da pista onde o acúmulo de água é maior para que o carro não deslize sobre a água. Mas isso só acontecerá se a velocidade for alta. Então, diminuindo com responsabilidade a velocidade já será suficiente para evitar que isso aconteça.

Não se distraia com nada

Dirigir na estrada não é difícil. Só precisa de algumas medidas de prevenção, traçar a rota e da concentração do condutor. Por isso, é importante que antes de começar a rodar o motorista resolva as pendências no celular e com crianças dentro do carro.

Então, prenda bem o cinto de segurança das crianças e demais dispositivos como cadeirinha, especialmente se for o único adulto no carro. Nunca tente resolver um problema de cinto mal ajustado ou cadeirinha mal encaixada ao mesmo tempo  que dirige.

Quanto ao celular é a mesma coisa, resolva as pendências, encerre as conversas e avise as pessoas mais próximas que não poderá responder pelo período que estiver dirigindo. Têm sido cada vez mais frequentes os acidentes provocados porque o condutor estava mexendo no celular. Na estrada isso pode ser fatal.

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?